Corinthianas se organizam para lutar contra o machismo no futebol

Corinthianas se organizam para lutar contra o machismo no futebol

Por Meu Timão

Faixa do movimento Toda Poderosa Corinthiana

Faixa do movimento Toda Poderosa Corinthiana

Foto: Reprodução

A onda de protestos e organizações pelo empoderamento feminino e contra o machismo chegou ao futebol. Mais precisamente ao futebol do Corinthians. Um grupo de cerca de 25 mulheres se reuniu nesse sábado, dia 2 de julho, em São Paulo, para debater a situação das mulheres no futebol, sejam torcedores, jogadoras ou árbitras.

O encontro foi o primeiro da história do Movimento Toda Poderosa Corinthiana. Elas contam com um grupo no Facebook no qual mais de 500 mulheres torcedoras do Timão discutem pautas que giram em torno do machismo no futebol. Ademais, há também uma página com posicionamento das corinthianas.

"Foi um encontro inicial, nos apresentamos, contamos nossas experiências como corinthianas, como já fomos afetadas pelo machismo, por ser corinthianas ou por simplesmente gostar de futebol", disse Edna Barbieri, de Curitiba, que veio a São Paulo para o encontro.

Entre as reivindicações das corinthianas estão, principalmente, respeito e fim do preconceito com a figura da mulher no ambiente futebolístico. Questões como a presença de uma ouvidoria para mulheres e de um berçário nos banheiros da Arena também estão em pauta.

"Me senti muito bem, entre mulheres feministas e corinthianas, ouvir relatos de arquibancada, de coisas que aconteciam antes, mas com o tempo tem havido uma melhora, mas temos muita luta pela frente, como fraldário nos banheiros", relatou Edna.

Vale destacar que a discussão de machismo no futebol e no Corinthians já foi centro de um evento no Parque São Jorge. Organizadoras do Neco Mulher (braço feminista do Núcleo de Estudos do Corinthians) fizeram uma atividade no auditório da sede alvinegra em março.

Veja Mais:

  • Corinthians volta a brincar sobre confusão do Dérbi e promete novidade no uniforme

    Corinthians volta a brincar sobre confusão do Dérbi e promete novidade no uniforme

    ver detalhes
  • Furlan apita sexta partida do Corinthians na carreira

    Após polêmica no Dérbi, FPF define trio de arbitragem para próximo jogo do Corinthians

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade assegurou que o espaço (acima do número) está livre para ser negociado

    Patrocinador não cumpre acordo e Corinthians já negocia espaço do uniforme

    ver detalhes
  • Jadson deve reestrear pelo Corinthians apenas na próxima quarta-feira

    Corinthians divulga lista de relacionados para pegar Mirassol sem nenhum meia

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes