Ginásio do Parque São Jorge é interditado, e Corinthians deve jogar final do futsal com portões fechados

Ginásio do Parque São Jorge é interditado, e Corinthians deve jogar final do futsal com portões fechados

Por Meu Timão

Ginásio do Corinthians deve ficar vazio ao menos nas próximas duas partidas

Ginásio do Corinthians deve ficar vazio ao menos nas próximas duas partidas

Foto: Divulgação

O Corinthians sofreu um importante golpe nesta semana. Isso porque o ginásio do Parque São Jorge foi interditado pela Justiça de São Paulo, a pedido da Prefeitura, por irregularidades.

A primeira consequência da interdição é a obrigação de a equipe de futsal jogar por tempo indeterminado com portões fechados. Nesta quinta-feira, contra o Metropolitano, o time sub-20 disputa a final da categoria. Na sexta, a equipe principal entra em quadra contra o Assoeva para tentar se manter na parte de cima da tabela da Liga Nacional.

A proibição tem como origem uma série de adequações exigidas pelo Ministério Públicas e supostamente ignoradas pelo Corinthians. A maioria de tais exigências gira em torno da acessibilidade do ginásio.

Após pedido da Prefeitura, o Corinthians teria descumprido determinações como: nivelação do chão, rotas com vão mínimo, instalação de corrimão e piso tátil de alerta, entre outros.

O Corinthians tenta recorrer à decisão na Justiça, mas dificilmente conseguirá uma reviravolta no caso ainda nesta semana.

Veja Mais:

  • Corinthians entra em campo nesta segunda, pela 30ª rodada do Brasileirão

    Veja como assistir o jogo entre Corinthians e Botafogo desta segunda pela televisão

    ver detalhes
  • Gol de atacante argentino foi muito parecido com o de Jô

    Após gol 'à la Jô' de rival, torcida do Corinthians cobra repercussão da imprensa; veja tuítes

    ver detalhes
  • Fagner será titular do Corinthians nesta segunda, contra o Botafogo

    Portal relata preocupação do Corinthians com Fagner; jogador nega abatimento

    ver detalhes
  • Atacante colombiano vive grande fase no time nordestino

    Mendoza deixa futuro em aberto, mas pontua: 'Todo jogador quer jogar no Corinthians'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes