Balbuena valoriza 'defesa de 11 jogadores' e vê disputa pela liderança nivelada

Balbuena valoriza 'defesa de 11 jogadores' e vê disputa pela liderança nivelada

Titular após venda de Felipe, Balbuena enalteceu força coletiva do Corinthians

Titular após venda de Felipe, Balbuena enalteceu força coletiva do Corinthians

Foto: Vinícius Souza/Meu Timão

Mesmo com a transferência de Felipe para o Porto (POR) e as recentes lesões de Vilson e Yago, o Corinthians manteve a marca de melhor defesa da Série A do Brasileirão. Para Fabián Balbuena, que também chegou a desfalcar a equipe antes de Tite e agora de Cristóvão Borges por conta da Copa América Centenário, o sólido desempenho defensivo do Timão tem relação não apenas aos beques, mas com todas as peças do quebra-cabeça alvinegro.

“Isso se deve à equipe. Sem a bola todo mundo é defensor, a marcação começa lá na frente com os atacantes e meias. Todo o grupo trabalha muito, sabemos como nos dedicamos e encaramos os treinos no dia a dia. Isso se deve ao grupo, não só os 11 que jogam, mas a todo o elenco”, opinou Balbuena em entrevista coletiva nesta quarta-feira à tarde, no CT Joaquim Grava.

Em 13 jogos disputados pela edição 2016 do Campeonato Brasileiro, o atual campeão sofreu dez gols. A efeito de comparação, a Chapecoense, adversária do time alvinegro neste sábado, foi vazada em 23 oportunidades, ficando com o posto de pior defesa do torneio nacional.

Entre outros assuntos – como a volta de Alexandre Pato ao Corinthians –, o paraguaio de 24 anos comemorou a semana livre de compromissos oficiais. Está é a primeira vez que o técnico Cristóvão Borges, oficializado no comando técnico do Timão no último dia 20, tem período superior a três dias para pôr em prática sua ideologia de trabalho.

“Temos que trabalhar tudo. Quando temos jogos seguidos às vezes esquecemos algumas coisas, então é preciso fazer um reforço geral. Acredito também que o treinador vai incorporar questões táticas para a equipe ter um melhor rendimento. Desde que ele chegou não teve um tempo maior para trabalhar. Agora vamos pensar no jogo de sábado, espero que todo mundo esteja pronto”, disse o beque, que analisou a disputa pelas primeiras colocações do Brasileirão.

“Tem muitos rivais, a maioria está perto, estamos todos juntos lá em cima. Isso fala muito da competitividade do torneio. Ninguém está tirando a vantagem de ninguém, todos estão em nível ótimo. Queremos manter isso e crescer. Nos últimos jogos tivemos erros, estamos trabalhando para corrigir e melhorar ainda mais”, concluiu.

Vice-líder com 25 pontos, o Corinthians iniciou a preparação para enfrentar a Chapecoense na quarta-feira. Sob os olhos de Cristóvão, jogadores titulares e reservas realizaram treinos de posse de bola, finalização e disputa “um contra um”. Confira o que rolou aqui.

Veja Mais:

  • Pablo não tem permanência assegurada no Timão para a próxima temporada

    Fim da paciência: Corinthians dá ultimato e cobra resposta de empresário de Pablo

    ver detalhes
  • Corinthians anuncia uniforme especial para partida contra Atlético-MG

    Corinthians anuncia uniforme especial para partida contra Atlético-MG

    ver detalhes
  • Ralf ergueu troféu do hexa do Brasileirão antes de deixar Corinthians

    Ralf diz que não jogaria em rival do Corinthians, explica saída e opina sobre Gabriel

    ver detalhes
  • Pré-temporada de 2018 teve início nesta semana para jogadores do Timão

    Corinthians se antecipa, e jogadores realizam exames cardiológicos para 2018

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes
  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Bira

    Ranking: 171º

    Bira 2868 comentários

    54º. por @deodato

    Abraço Flavio! Lembrando que o Ralf penou pelo Brasil e chegou mais velho pra cá, até no interior do MA jogou. Tem muito cara perdido no meio do Brasil.

  • Foto do perfil de Bira

    Ranking: 171º

    Bira 2868 comentários

    53º. por @deodato

    Flavio tem muito time podre na Europa até time grande, não uso isso como critério. Ralf foi pra algum time da Europa? Cristan jogou no Fenerbace que em termos europeus é pequeno. Compensação, o Casemiro que era hiper criticado emplacou, o Taddei aquele volante horroroso do Palmeiras jogou 10 anos na italia e boa parte na Roma. Jogador não é o mesmo do começo ao fim da carreira, ou pra você o Felipe não era horrível e virou zagueiro de seleção? O BH na portuguesa era só segundo volante, penou, mas com o Tite aprendeu a marcar como primeiro e sair para o jogo. A carreira de qualquer um é assim, você não é a mesma pessoa aos 20 e depois aos 30.

  • Foto do perfil de Bira

    Ranking: 171º

    Bira 2868 comentários

    52º. por @deodato

    O Luciano ficou muito tempo parado, talvez demore a embalar. Lembro do Elias e do Cristian, depois de muito tempo parado, voltar em nível alto é difícil. Eu acredito ainda no André, o esquema do Cristóvão de triangulação e mais ofensivo, o time fica um pouco mais exposto com ele, vai ter mais chances. Só acho que o Luciano encaixa melhor nesse time, aliás ele faz um bem danado ao Romero. Quando ele troca de posição na frente ou se desloca, abre espaço para o Romero infiltrar. Tá aí o segredo do Romero, o 9 móvel abre espaço para o Marquinhos entrar, o Romero entrar, Rodriguinho, com o tempo o Giovanni. A defesa fica sem referência de marcação com a movimentação do 9, as zagas no Brasil e na América Latina tão habituadas a sempre colocar a zaga referenciando o 9.

  • Foto do perfil de Bira

    Ranking: 171º

    Bira 2868 comentários

    51º. por @deodato

    Gosto dele de 9, o problema é mais na velocidade, acho importante que seja rápido e saiba trocar passes. Povo reclamava muito do Love, mas o estilo dele era muito bom e único, foi mais efetivo o ataque com ele do que com o Guerrero.

  • Foto do perfil de Bira

    Ranking: 171º

    Bira 2868 comentários

    50º. por @deodato

    Paulo meu primo atleticano roxo, disse outra coisa. Disse que quando o Guilherme sente dor, ele fica ou ficava calado, jogava no sacrifício e estourava em poucos jogos. A questão é que em termos de monitoramento físico o Corinthians é de primeira linha, mesmo forçado ele deve tar fazendo fortalecimento muscular. Não a toa não tá lesionando e nem lesionou quando era titular. O que ninguém aqui dá valor é termos opções na meia que a maioria dos times da série A não tem, dá pra girar os 3 e num nível menor, mas mesmo assim opção Camacho e Rodriguinho. Esse elenco é muito bom, só a mídia que lança coisas e todo mundo acredita. Só o atacante emplacar na frente que dá certo, um lateral direito reserva.

  • Foto do perfil de Adeildo

    Ranking: 17º

    Adeildo 14690 comentários

    49º. por @aadeildo

    Sem dúvida.

  • Foto do perfil de Adeildo

    Ranking: 17º

    Adeildo 14690 comentários

    48º. por @aadeildo

    É, por este motivo é que imagino que ele vai render.

  • Foto do perfil de Adeildo

    Ranking: 17º

    Adeildo 14690 comentários

    47º. por @aadeildo

    Estou apostando nisto também, só depende dele, marcar gols ele sabe é só querer. E ter oportunidade ao que parece vai ter.

  • Foto do perfil de Bira

    Ranking: 171º

    Bira 2868 comentários

    46º. por @deodato

    Paulo, ele conviveu por muito tempo com muitas lesões. Família do meu pai é mineira, primos meus falaram que em termos de qualidade ele é muito acima da média, mas ao longo dos anos ele sempre forçava fisicamente e estourava em poucos jogos. Algo similar ao que acontecia com o Renato Augusto. Tão fazendo fortalecimento e acho que com o Tite era premeditado deixar ele solto, pra não forçar fisicamente ele. Tanto que o Luciano estava voltando e ajudando ele na recomposição.

  • Foto do perfil de Bira

    Ranking: 171º

    Bira 2868 comentários

    45º. por @deodato

    Flavio, gosto muito do Ralf, mas o fato de ele não ter ido pra nenhum grande centro mostra que ele só foi importante dentro do nosso contexto. Como jogador de futebol ele era muito limitado, uma faceta. Futebol atual exige versatilidade e habilidade de todos os jogadores, a ponto de já chegar no goleiro. O Ralf tinha mais ajuda defensiva e era implacável como marcador, mas era só isso. O BH tem potencial pra jogar na italia, pela saída de jogo dele e poder de marcação. Num time europeu que todo mundo é extremamente obediente taticamente, ele se destacaria ainda mais.