Técnico aprova 45 minutos finais contra Chapecoense e descarta surpresa com série positiva

Técnico aprova 45 minutos finais contra Chapecoense e descarta surpresa com série positiva

Cristóvão analisou vitória corinthiana sobre a Chapecoense

Cristóvão analisou vitória corinthiana sobre a Chapecoense

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

O técnico Cristóvão Borges viu com bons olhos a vitória por 2 a 0 do Corinthians sobre a Chapecoense, neste sábado à noite, na Arena Condá, pela 14ª rodada do Brasileirão. Em entrevista coletiva, o treinador analisou o duelo fora de casa, destacou o bom segundo tempo da equipe paulista e negou estar surpreso com a série de quatro triunfos.

“Não, surpresa não. Fizemos um bom jogo e conseguimos a vitória. A Chapecoense é muito difícil, acho que a é a primeira vez que perdem em casa”, disse Cristóvão Borges.

Os gols do Corinthians foram marcados por Rodriguinho e Marquinhos Gabriel. Para o treinador, sucessor de Tite, a construção do placar positivo se deu após o time do Parque São Jorge acertar a marcação diante do adversário catarinense, então invicto dentro de seus domínios na Série A.

“Foi a distância que a gente deu no meio de campo. Nós jogamos com a marcação intermediária e com isso eles tiveram espaço. Na metade do primeiro tempo corrigimos um pouco. Depois a gente melhorou e ganhamos o jogo”, destacou Cristóvão, que elogiou a postura do Timão nos 45 minutos finais.

“Eu gosto muito do que a gente fez em boa parte do segundo tempo. Voltamos pro segundo tempo com uma marcação adiantada, tiramos pressão da Chapecoense. Depois controlamos o jogo, mas mesmo assim tivemos erros de passe, o gramado também não ajudava. Mas conseguimos a vitória”.

Com o triunfo em Chapecó, o Corinthians passa a somar 28 pontos na tabela, os mesmos do líder Palmeiras, mas permanece na segunda colocação por conta dos critérios de desempate. O atual campeão nacional volta a campo no próximo domingo, frente ao rival São Paulo, às 16h (de Brasília), na Arena em Itaquera. Questionado a respeito da sequência de vitórias conquista no comando do Timão, Cristóvão é sincero.

“É uma sequencia difícil, o campeonato é muito duro, parelho. Uma sequência dessa vai sempre pra conta, por isso é importante. A equipe vinha somando pontos e aí conseguimos essa sequência”, finalizou.

Veja Mais:

  • Carlinhos marcou o seu décimo gol na competição

    Corinthians atropela Juventus na semifinal da Copinha e busca pelo décimo título

    ver detalhes
  • Filipe recebeu a maior nota da Fiel após partida contra o Juventus

    Disputa de craque da partida fica dividida entre goleiro e meia-atacante do Corinthians

    ver detalhes
  • Brendon teria nascido em 1994 e não em 1997 como diz seus documentos

    Adversário do Corinthians na final da Copinha pode ser eliminado da competição

    ver detalhes
  • Drogba quer conversa com técnico e presidente antes de decisão

    Avaliando proposta, Drogba quer contato direto com técnico e presidente do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes