Casagrande opina sobre qual foi o maior erro da Democracia Corinthiana

Casagrande opina sobre qual foi o maior erro da Democracia Corinthiana

Por Meu Timão

5.7 mil visualizações 42 comentários Comunicar erro

Leão foi goleiro do Corinthians em 1983

Leão foi goleiro do Corinthians em 1983

Foto: Reprodução

O Corinthians viveu, na década de 80, um de seus movimentos mais marcantes da história: a Democracia Corinthiana. Mais de 30 anos depois, um dos pilares daquele histórico elenco revelou qual teria sido o maior erro cometido pelo democrático Timão.

Em participação no programa Resenha, da Espn, na noite desse domingo, o ex-atacante Casagrande falou sobre a polêmica contratação do goleiro Leão, hoje técnico desempregado. Na época, 1983, o arqueiro foi contratado sem a aprovação de boa parte do elenco corinthiano, contrariando um dos alicerces da Democracia.

"Nem todo mundo aprovava as contratações. A do Leão foi um exemplo. Não foi unanimidade. O maior erro da Democracia Corintiana foi o modo como foi feita a contratação do Leão porque naquele dia eles falharam, a democracia falhou. Não fizeram uma eleição com todos e sim com quem conhecia o Leão. A Democracia não funcionava assim. Eu falei isso e fiquei revoltado", comentou.

Bastou um jogo de Leão à frente do gol corinthiano para Casagrande receber uma espécie de pedido de desculpa do restante do elenco. Em seu jogo de estreia pelo Timão, o arqueiro espalmou uma bola para o meio da área e o Fluminense anotou um gol. Na saída do gramado, o goleiro disse ter feito sua parte e sugeriu que a falha foi dos colegas de zaga.

"Deu de madrugada. Adílson (Monteiro Alves) e Magrão (Sócrates) bateram na porta do quarto. 'Você tinha razão'. Eu tinha razão agora, às três horas da manhã? Leão é o nosso goleiro, vamos jogar o ano todo e acabou. Fomos campeões paulistas (1983) graças ao Leão na semifinal contra o Palmeiras. Segurou a onda nos 15 primeiros minutos de pressão do Palmeiras. Naquele jogo pegou muita bola", argumentou Casagrande.

Veja Mais:

  • Renan Areias (no centro) está no Corinthians desde os seis anos de idade

    Corinthians empresta capitão do Sub-20 para o Red Bull Brasil

    ver detalhes
  • Fessin já marcou três gols pelo Corinthians no Paulista Sub-20

    Fessin marca, Corinthians vence no Paulista Sub-20 e diminui distância para rival

    ver detalhes
  • Corinthians fechou a primeira fase na liderança e invicto no Paulista Feminino

    Corinthians vence Portuguesa e fecha primeira fase do Paulista Feminino líder invicto

    ver detalhes
  • Corinthians de Ronaldo foi eliminado pelo Tolima em 2011 e mesmo assim Tite seguiu como técnico

    Tite/11 x Loss/18: diferenças e semelhanças entre as crises corinthianas comparadas por Andrés

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes