Casagrande opina sobre qual foi o maior erro da Democracia Corinthiana

5.7 mil visualizações 26 comentários

Por Meu Timão

Leão foi goleiro do Corinthians em 1983

Leão foi goleiro do Corinthians em 1983

Reprodução

O Corinthians viveu, na década de 80, um de seus movimentos mais marcantes da história: a Democracia Corinthiana. Mais de 30 anos depois, um dos pilares daquele histórico elenco revelou qual teria sido o maior erro cometido pelo democrático Timão.

Em participação no programa Resenha, da Espn, na noite desse domingo, o ex-atacante Casagrande falou sobre a polêmica contratação do goleiro Leão, hoje técnico desempregado. Na época, 1983, o arqueiro foi contratado sem a aprovação de boa parte do elenco corinthiano, contrariando um dos alicerces da Democracia.

"Nem todo mundo aprovava as contratações. A do Leão foi um exemplo. Não foi unanimidade. O maior erro da Democracia Corintiana foi o modo como foi feita a contratação do Leão porque naquele dia eles falharam, a democracia falhou. Não fizeram uma eleição com todos e sim com quem conhecia o Leão. A Democracia não funcionava assim. Eu falei isso e fiquei revoltado", comentou.

Bastou um jogo de Leão à frente do gol corinthiano para Casagrande receber uma espécie de pedido de desculpa do restante do elenco. Em seu jogo de estreia pelo Timão, o arqueiro espalmou uma bola para o meio da área e o Fluminense anotou um gol. Na saída do gramado, o goleiro disse ter feito sua parte e sugeriu que a falha foi dos colegas de zaga.

"Deu de madrugada. Adílson (Monteiro Alves) e Magrão (Sócrates) bateram na porta do quarto. 'Você tinha razão'. Eu tinha razão agora, às três horas da manhã? Leão é o nosso goleiro, vamos jogar o ano todo e acabou. Fomos campeões paulistas (1983) graças ao Leão na semifinal contra o Palmeiras. Segurou a onda nos 15 primeiros minutos de pressão do Palmeiras. Naquele jogo pegou muita bola", argumentou Casagrande.

Veja Mais:

  • Giuliano está liberado para atuar com a camisa do Corinthians

    Giuliano é registrado no BID e está liberado para estrear pelo Corinthians

    ver detalhes
  • Giuliano completa nesta terça-feira exatos 100 dias sem entrar em campo; meia-atacante entrou em campo pela última vez no longínquo dia 25 de abril, quando atuou pelo Basaksehir, da Turquia

    Giuliano completa exatos 100 dias sem jogar; reforço do Corinthians se prepara para estreia

    ver detalhes
  • Jacinto Antônio Ribeiro, o "Jaça", conselheiro vitalício do clube, e pivô de conflito com Brazil nas últimas semanas; Márcio Bittencourt, ex-jogador e ex-treinador da base do clube

    Desentendimento na base do Corinthians separa Sub-23 das demais categorias; entenda

    ver detalhes
  • Sylvinho tem 16 jogos no comando do Corinthians, com mais derrotas (seis) do que vitórias (quatro), além de seis empates; saldo de gols também é negativo (12x16) e o aproveitamento é de 37,5%

    Pressão sobre Sylvinho aumenta no Corinthians; dois fatores jogam a favor do treinador

    ver detalhes
  • Renato Augusto fez primeiro treino com os companheiros de equipe nesta segunda-feira

    Corinthians se reapresenta e Renato Augusto faz primeiro treino com elenco no CT Joaquim Grava

    ver detalhes
  • Entre 2016 e 2018, Léo Príncipe esteve presente em 24 partidas no profissional e marcou um gol

    Corinthians faz acordo na Justiça e quitará dívida com Léo Príncipe em 12 parcelas; veja os detalhes

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x