Yago lamenta período conturbado, manda recado a Cristóvão e exalta Pedro Henrique

Yago lamenta período conturbado, manda recado a Cristóvão e exalta Pedro Henrique

Por Meu Timão

Zagueiro substituiu Pedro Henrique contra a Chapecoense e deve ser mantido para o clássico

Zagueiro substituiu Pedro Henrique contra a Chapecoense e deve ser mantido para o clássico

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Inicialmente considerado titular na equipe de Tite nos primeiros jogos da temporada, o zagueiro Yago passou por diversas dificuldades e ficou impossibilitado de entrar nos gramados por um longo período. Pego no exame antidoping e afastado por um mês, o zagueiro ainda teve que superar recentemente uma lesão. Agora com condições de jogo e novamente com a titularidade, o camisa 3 espera construir uma sequência positiva na equipe e assegurar a vaga.

“Realmente passa muitas coisas na cabeça, você planeja certo número de partidas no ano, planeja se firmar na sua posição. Ainda mais na troca de treinador, eu estava em uma situação que não poderia fazer nada por estar lesionado. Passa bastante coisa na cabeça, mas eu sei que tenho condição de brigar. Eu estando bem, vou estar brigando sempre”, disse Yago, relembrando as dificuldades superadas.

Ainda sobre o período de instabilidade, o zagueiro evidenciou a importância dos acontecimentos para seu amadurecimento como jogador, além de estar satisfeito com o número de partidas realizadas na atual temporada.

“Pra ser sincero eu não posso reclamar. Mas não posso também te afirmar que tem sido bom profissionalmente. Joguei mais partidas do que no ano passado, mas é um momento complicado, você planeja uma sequência e é interrompido por isso (doping), chateia um pouco. Mas é como eu sempre falo, Deus sabe de todas as coisas e é isso que me deixa tranquilo”, acrescentou.

Questionado a respeito de Pedro Henrique, companheiro de setor e principal concorrente à vaga ao lado do paraguaio Balbuena no sistema defensivo corinthiano, Yago não poupou elogios ao jovem e exaltou a qualidade do camisa 34, que sofreu um estiramento muscular na última partida.

“Poxa, é destacável a personalidade dele de poder dar a volta por cima e fazer bons jogos. Momento difícil, troca de treinador, o time não estava tão redondo quanto está agora e ele fez ótimas partidas. É um menino que deve se destacar bastante”, completou o camisa 3.

Imediatamente escolhido por Cristóvão Borges após a lesão de Pedro Henrique no duelo diante da Chapecoense, que terminou com a vitória por 2 a 0 do Timão, Yago deve ser mantido na equipe pelo treinador no clássico diante do São Paulo.

Somando 28 pontos, o Corinthians faz a segunda melhor campanha do Campeonato Brasileiro. O Timão volta a campo no próximo domingo, quando faz o clássico Majestoso diante do São Paulo, às 16h, na Arena Corinthians. O duelo tem validade pela 15ª rodada da competição.

Veja Mais:

  • Sub-20 comemorando título do Corinthians/UNIP no futsal

    Sub-20 conquista título estadual e Corinthians fica perto de fim de ano perfeito no futsal

    ver detalhes
  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes