Com presença de presidente do Corinthians, clubes se reúnem para cobrar mais voz na CBF

Com presença de presidente do Corinthians, clubes se reúnem para cobrar mais voz na CBF

Por Meu Timão

Roberto de Andrade apoia que clubes tenham mais poder de cisão no futebol nacional

Roberto de Andrade apoia que clubes tenham mais poder de cisão no futebol nacional

Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Em meio ao maior escândalo de corrupção da história da Confederação Brasileira de Futebol e de um momento de pressão vivida dentro campo por conta dos recentes maus resultados apresentados pela Seleção, os clubes "parceiros" da entidade se organizaram no que seria algo mais próximo ode um brando motim para cobrar mais participação nas decisões do futebol nacional.

Representado no encontro pelo presidente Roberto de Andrade, o Corinthians se juntou a outros 34 clubes das Séries A e B do Campeonato Brasileiro nessa segunda-feira. Dirigentes e advogados das agremiações questionam a falta de abertura da CBF às opiniões dos clubes em assembleias da entidade.

"Vamos à CBF na semana que vem para cobrar que a lei seja cumprida. Desde a aprovação da Profut, nós temos direito por lei de ter um assento nas assembleias e não somos convocados. Não é rebeldia ou briga, é apenas um pedido para que a lei seja cumprida (...) apenas queremos ser ouvidos", disse o presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares, articulador do movimento.

O mandatário do clube mineiro escreverá uma carta e, com a assinatura dos 35 clubes participantes do encontro dessa segunda, a encaminhará à CBF. A intenção dos clubes é ter mais voz e poder de escolha em votações que sejam organizadas pelos cartolas da entidade.

Vale destacar que os únicos clubes das duas principais divisões do país que não enviaram representantes no encontro foram Vasco, Botafogo, Bragantino, Oeste e Vila Nova. Destes, apenas o Botafogo está na Série A do Brasileirão.

Veja Mais:

  • Jô marcou o gol da vitória do Corinthians

    Artilheiro Jô marca no fim, e Corinthians supera Chapecoense na Arena Condá

    ver detalhes
  • Jô assegurou vitória do Corinthians em Chapecó

    Líder absoluto, Corinthians abre dez pontos de diferença para segundo colocado

    ver detalhes
  • Léo Santos jogou no lugar de Balbuena, que está suspenso e machucado

    Prata da casa supera até Jô e é eleito craque da vitória do Corinthians sobre Chapecoense

    ver detalhes
  • Marquinhos Gabriel foi titular nesta quarta, mas não agradou a Fiel

    Após vitória do Corinthians, Fiel corneta Marquinhos Gabriel e indica preferência por Clayson

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes