Cristóvão chegou ao Corinthians fã da Democracia e deixou o clube 'enrolado' por Vicente Matheus

Cristóvão chegou ao Corinthians fã da Democracia e deixou o clube 'enrolado' por Vicente Matheus

Por Meu Timão

3.1 mil visualizações 63 comentários Comunicar erro

Cristóvão Borges jogou no Corinthians na década de 80

Cristóvão Borges jogou no Corinthians na década de 80

Foto: Reprodução/Twitter

A relação do hoje técnico Cristóvão Borges com o Corinthians vai muito além destas primeiras semanas de trabalho à frente da equipe alvinegra. Entre 1986 e 1987, o então volante se destacou como jogador ofensivo e de toque de bola refinado com a camisa do Timão. Mas nem só de assistências e gols viveu o baiano no Parque São Jorge.

Em levantamento publicado pelo Globoesporte.com nesta sexta-feira, foi revelado uma série de curiosidades acerca da vida de Cristóvão, que está prestes a completar um mês no comando da comissão técnica do Corinthians. Algumas das informações dizem respeito a sua passagem pelo Timão como jogador, na década de 80.

Tido, ao menos na época, como um cidadão com tendência política de esquerda, ele chegou ao Corinthians encantado com o movimento Democracia Corinthiana que havia ganhado o Parque São Jorge no início da década. Não é de estranhar, portanto, que ele rapidamente tenha se aproximado de Casagrande nos bastidores da equipe.

O sonho de jogar pelo "democrático" Corinthians, no entanto, não durou muito. E tudo por conta de um presidente nem um pouco "democrático"; Vicente Matheus.

No sétimo de seus oito mandatos como presidente do Corinthians, Vicente Matheus "enrolou" Cristóvão na negociação de sua renovação contratual. O volante fazia exigências que, na opinião do cartola, não eram praticáveis. Ao invés de se negar a fazer negócio, contudo, o mandatário engatou sete reuniões com o volante, mostrando-se irredutível em todos os encontros.

No fim, Cristóvão desistiu de negociar com Vicente Matheus e se acertou com o Grêmio, onde se destacou nos três anos seguintes.

Veja Mais:

  • Felipe Ezabella durante a eleição no Parque São Jorge

    Preferência da opinião pública e manutenção do DNA da chapa: Ezabella comemora primeira eleição

    ver detalhes
  • Mauro da Silva (auxiliar), Duílio Monteiro Alves (diretor-adjunto de futebol) e Alessandro (gerente) durante um dos treinos no CT

    Diretoria assume dificuldade por um 9: 'Futebol na América do Sul pagando salários de Europa'

    ver detalhes
  • Veja gols e lances de Matheus Matias, novo reforço do Corinthians

    VÍDEO: Veja gols e lances de Matheus Matias, novo reforço do Corinthians

    ver detalhes
  • Duilio Monteiro Alves, diretor-adjunto de futebol do Corinthians

    Diretor do Corinthians sobre renovação de Balbuena: 'Não podemos dar um passo maior do que a perna'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes