Antes de clássico, torcedores de Corinthians e São Paulo brigam em Carapicuíba, a 50 km da Arena

Antes de clássico, torcedores de Corinthians e São Paulo brigam em Carapicuíba, a 50 km da Arena

Por Meu Timão

56 mil visualizações 52 comentários Comunicar erro

Briga aconteceu em Carapicuíba

Briga aconteceu em Carapicuíba

Foto: Divulgação

Ao menos um episódio de violência marcou as horas que antecedem o clássico deste domingo, entre Corinthians e São Paulo. Grupos de torcedores dos dois times entraram em confronto em Carapicuíba, região metropolitana de São Paulo. De acordo com o Corpo de Bombeiros, uma pessoa ficou ferida vítima de espancamento e recebeu atendimento médico ainda no local.

A Polícia Militar foi chamada por pessoas que viram a briga. Os torcedores se dispersaram antes que os policiais pudessem interferir no confronto.

Chama atenção o fato de o clássico entre Corinthians e São Paulo estar marcado para Itaquera. A distância entre o local da briga e o estádio do Timão, portanto, é de cerca de 50 quilômetros.

Ainda assim, a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, em conluio com o Ministério Público, impuseram desde o último mês de abril a proibição de torcidas visitantes nos clássicos paulistas. A medida teria como objetivo acabar com as brigas entre torcedores.

Mais informações em instantes.

Veja Mais:

  • Maioria dos titulares de Loss já completou sétimo jogo no BR; Cássio e Fagner, sequer seis

    Doze corinthianos já completaram sete jogos no Brasileirão; veja quem ainda pode se transferir

    ver detalhes
  • Corinthians e São José se enfrentam na noite desta quarta-feira

    Fora de casa? Sem problema! Final da Liga Ouro tem transmissão na TV nesta quarta-feira

    ver detalhes
  • Caetano tem 18 anos e estava no Botafogo

    Corinthians acerta contratação de zagueiro indicado por Barroca, técnico do Sub-20

    ver detalhes
  • Léo Jabá tem contrato de cinco temporadas com o FC Akhmat Grozny

    Jabá encaminha transferência à Grécia, e Corinthians pode ganhar mais de R$ 4 milhões

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes