Corinthians cede primeiro empate para o São Paulo na Arena

Corinthians Corinthians 1 x 1 São Paulo São Paulo

Brasileirão 2016

Corinthians cede primeiro empate para o São Paulo na Arena

Por Meu Timão

Timão empatou o clássico na Arena

Timão empatou o clássico na Arena

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Na tarde deste domingo, o Corinthians reencontrou o rival São Paulo, na Arena em Itaquera. Brigando pela liderança contra o outro rival paulista, o Timão queria confirmar a hegemonia sobre o time do Morumbi, em dia de recorde de público.

O time comandado por Edgardo Bauza é o adversário que mais sofreu derrotas na Arena, e também a equipe que mais levou gols na nova casa corinthiana (13 em 4 partidas). Porém, vindo de uma eliminação na Libertadores e após a saída de três jogadores, buscava no clássico uma resposta para sua torcida.

Cristóvão Borges, por sua vez, teve dificuldades para a zaga, já que Vilson e Pedro Henrique se recuperam de lesão. Com Balbuena e Yago em campo, o técnico tinha apenas o jovem Léo Santos como opção no banco de reservas.

O treinador, aproveitou também para colocar Danilo em campo, que ganhou a vaga de Luciano. Assim, o Timão entrou com Cássio; Fagner, Yago, Fabián Balbuena e Uendel; Bruno Henrique e Rodriguinho; Ángel Romero, Giovanni Augusto e Marquinhos Gabriel; Danilo.

Primeiro tempo

O jogo começou quente, e em clima de clássico na Arena - com direito a um chapéu de Fagner em Cueva, que levou a Fiel à loucura aos 3 minutos de partida. No início, as duas equipes se observavam, mas o Corinthians usava o fator casa para fazer mais subidas ao ataque, apesar de não ter finalizado muito ao gol.

O São Paulo observava o Timão e aproveitava as jogadas de contra-ataque, quando, aos 14 minutos, Yago tocou Cueva na área e o juiz marcou pênalti. O jogador peruano cobrou e converteu o gol, deixando o São Paulo em vantagem no placar.

O gol esquentou o clima no estádio, e a partida ficou tensa na arquibancada e nos gramados. Até que aos 20 minutos, o Corinthians conseguiu o empate. Em jogada de Bruno Henrique, Danilo recebeu uma bola invertida dentro da área, dominou e lançou para Marquinhos Gabriel que chutou, mas acabou bloqueado pelo zagueiro. Na sobra, porém, Bruno Henrique mostrou reflexo e de cabeça lançou contra as redes do goleiro Denis, já caído fora do lance.

O placar empatado aumentou o clima pegado do jogo, e antes do fim da etapa foram dois cartões amarelos para o São Paulo (Hudson e Cueva) e um para o Corinthians (Rodriguinho). A arbitragem comandada por Péricles Bassol ouviu reclamações de ambos os lados e teve dificuldades para controlar a partida.

Segundo tempo

O intervalo não esfriou a tensão, e o árbitro distribuiu mais dois amarelos antes mesmo dos 10 minutos de jogo (um para Fagner, e outro para Thiago Mendes). A advertência foi o terceiro cartão do lateral corinthiano, que terá de cumprir suspensão e fica de fora do próximo confronto.

Para diminuir o risco de perder jogadores e aumentar a movimentação no meio campo, Cristóvão optou pela primeira mudança. O treinador colocou Elias, aos 12 minutos, no lugar de Rodriguinho. Na primeira participação, porém, o volante que acaba de se recuperar de uma lesão, fez falta dura em Centurión e também foi advertido com um amarelo.

Na primeira metade do segundo tempo, o futebol corinthiano deixava a desejar. A entrada de Elias não surtiu o efeito esperado, e a equipe viu o adversário crescer e dar trabalho ao goleiro Cássio. Por isso, a segunda alteração no Timão aconteceu aos 22 minutos: Giovanni Augusto deixou o campo para a entrada de Guilherme.

A terceira e última alteração, aos 32 minutos, veio com a entrada de Rildo no lugar de Marquinhos Gabriel. O Timão, porém, não conseguia se encontrar nas alterações e viu o São Paulo, já confortável com o empate, crescer e ameaçar nos minutos finais de jogo.

Com o resultado, o Corinthians perde a vantagem conquistada na última rodada, quando diminuiu a distância para o Palmeiras. Além disso, a equipe cedeu seu primeiro empate para o São Paulo na Arena, e perdeu a chance de tornar o rival o time com mais derrotas em Itaquera.

O próximo jogo do Timão, contra o Figueirense, acontece neste sábado (23), novamente em casa. A partida marca a despedida de Itaquera, já que o estádio passará a ser utilizado para os Jogos Olímpicos. O Corinthians volta a atuar como mandante apenas no dia 6 de agosto, contra o Cruzeiro, no Pacaembu.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e São Paulo

  • 1000 caracteres restantes