Telhanorte ou BMG na camisa do Corinthians

O Corinthians deve anunciar após o Carnaval o patrocinador da barra da camisa, equivalente ao calção, local sem dono desde a saída do Grupo Silvio Santos, em dezembro de 2009.
Banco Pan-Americano estampou sua marca na camisa em 2009

Banco Pan-Americano estampou sua marca na camisa em 2009

Foto: Eduardo Viana

O Corinthians deve anunciar após o Carnaval o patrocinador da barra da camisa, equivalente ao calção, local sem dono desde a saída do Grupo Silvio Santos, em dezembro de 2009.

Os maiores concorrentes são o Banco BMG e a Telhanorte, empresa do setor de construção. O BMG ajudou o clube recentemente nas contratações do volante Moacir e do zagueiro Leandro Castán. A Telhanorte, por sua vez, teve contato com o Corinthians no início do ano passado para ter o local principal da camisa corintiana, que ficou com o Grupo Brazil Foods (com a marca Batavo).

O clube pediu R$ 12 milhões pelo espaço, mas deve fechar o acordo em R$ 10,5 milhões, conforme informou a coluna De Prima do L!, na edição de quinta-feira. Este montante será do Corinthians, uma vez que a participação de Ronaldo só é prevista no contrato com o Grupo Hypermarcas (R$ 25,5 milhões para o Timão e R$ 12,5 milhões para R9), patrocinador principal.

O acordo será fechado antes da estreia da equipe na Copa Libertadores, dia 24. Uma outra empresa do ramo alimentício corre por fora.

Fonte: Lancenet

Telhanorte ou BMG na camisa do Corinthians Telhanorte ou BMG na camisa do Corinthians 0

Veja Mais:

  • Walter substitui Cássio pelo terceiro jogo consecutivo

    Corinthians confirma equipe para duelo com Botafogo no Rio

    ver detalhes
  • Camacho vem se destacando no meio de campo do Timão

    Titulares neste sábado, Camacho e Marciel ganham pontos no Corinthians pela polivalência

    ver detalhes
  • Jadson pode ser o primeiro grande reforço do Timão em 2017

    [Marco Bello] Jadson pode ser o primeiro grande reforço do Timão em 2017

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade tem buscado diminuir dívidas do Corinthians a longo prazo

    Corinthians abre números, mostra dívidas diminuírem e tem lucro parcial em 2016

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes