Danilo se manifesta sobre vaias e garante elenco comprometido com Cristóvão Borges

Danilo se manifesta sobre vaias e garante elenco comprometido com Cristóvão Borges

Por Meu Timão

Escalado como atacante, Danilo teve poucas oportunidades e não marcou no clássico

Escalado como atacante, Danilo teve poucas oportunidades e não marcou no clássico

Foto: Agência Corinthians

Vaiado por parte da Fiel pela primeira vez desde que chegou ao Corinthians, a partir das alterações realizadas na equipe, o técnico Cristóvão Borges teve seu trabalho defendido pelo meia Danilo após o empate por 1 a 1, contra o São Paulo. Encarregado de exercer a função de atacante principal da equipe, o camisa 20 classificou o ocorrido como natural e assegurou que o elenco corinthiano está comprometido com a proposta de trabalho do atual treinador.

“O comportamento do torcedor depende de resultado. Acho que mesmo com o time jogando bem, o torcedor se preocupa com o resultado final. Ele (Cristóvão Borges) não deve se preocupar, as vaias são normais e ele sabe que o elenco está focado no trabalho dele”, disse Danilo, que não conseguiu levar perigo ao gol defendido por Denis no duelo.

Parte das alterações promovidas pelo treinador, Danilo, que assumiu a vaga de Luciano, titular nos últimos jogos até então, atuou durante 90 minutos como pivô no sistema tático e não foi substituído por Cristóvão Borges.

O técnico corinthiano optou pelas saídas de Marquinhos Gabriel e Giovanni Augusto, na segunda etapa, fato que gerou a revolta e vaias dos torcedores presentes na Arena Corinthians. Rodriguinho foi outro que também acabou sacado, dando lugar a Elias, porém a mudança não foi acompanhada de discórdia como as outras.

Depois do empate como mandante, o Corinthians chega aos 29 pontos e permanece com a segunda melhor campanha do Campeonato Brasileiro. O Timão volta a campo no próximo sábado, às 16h, quando recebe o Figueirense na Arena Corinthians, pela 16ª rodada da competição.

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes