Yago diz que deixou de ver jogos durante suspensão e aponta lado positivo em afastamento

Yago diz que deixou de ver jogos durante suspensão e aponta lado positivo em afastamento

Por Meu Timão

De volta ao time, Yago assegura ter deixado para trás o episódio do doping

De volta ao time, Yago assegura ter deixado para trás o episódio do doping

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

O zagueiro Yago considerou “muito difícil” e “muito injusto” o período de um mês de afastamento forçado do Corinthians. Flagrado no exame antidoping da partida contra o Santos, em março, com a substância proibida betametasona, cumpriu a suspensão entre maio e junho sem assistir às partidas de sua equipe. E viu um lado bom nisso.

“O que me segurou foi o nascimento da minha filha”, disse o beque, em entrevista ao UOL, referindo-se a Maria Yanca, hoje com dois meses. “Confesso que esqueci um pouco o futebol. Sabia que não poderia estar à disposição. Então, eu me dediquei à família, e foi bom para mim. Pude passear com minha mulher e com o bebê. Acompanhei as etapas iniciais do nascimento, assisti ao parto. Se estivesse jogando, não teria desfrutado desses momentos.”

Mesmo quando o corpo de Yago estava no CT, sua cabeça estava em outro lugar. “Chegava e já pensava em voltar para casa, em aproveitar esses momentos com a minha filha. Deixei de acompanhar e de ver os jogos de futebol um pouco. Nem as partidas do Corinthians eu via direito. Via mais os resultados”, contou.

A proximidade com a filha não mudou o fato de que o zagueiro ficou chateado com sua suspensão. Mas ele assegurou não ter se irritado com o departamento médico do Corinthians, que assumiu a responsabilidade pelo uso da substância proibida no tratamento de uma inflamação no joelho do jogador.

“Eles foram transparentes”, disse o atleta, que gostou de ficar sabendo do problema só ao fim da participação do time no Campeonato Paulista. “Achei melhor que fizeram o anúncio após a semifinal, porque pude me manter focado no jogo. Eles já sabiam alguns dias antes, mas resolveram não me avisar para não atrapalhar a preparação psicológica para o jogo.”

Agora, Yago jura ter deixado o problema para trás. Sua preocupação no momento é recuperar a melhor forma, já que sofreu uma contusão no tornozelo pouco depois de se ver livre da suspensão por doping, e proteger sua condição de titular da defesa do Corinthians. “Foi muito difícil, mas passou. Graças a Deus.”

Veja Mais:

  • Dupla Jô-Rodriguinho já não se mostra mais tão efetiva quanto em outros tempos

    Corinthians leva dois gols de bola área, perde do Botafogo e fica pressionado no Brasileirão

    ver detalhes
  • Clayson falou com a imprensa brevemente: 'Não foi nada demais'

    Atacante do Corinthians é conduzido por policiais a prestar esclarecimentos no Rio

    ver detalhes
  • Corinthians de Carille perdeu do Botafogo na noite dessa quarta-feira

    Torcida 'perdoa' cinco jogadores e dá pior nota a Carille após derrota do Corinthians no Rio

    ver detalhes
  • Acorda, presidente!

    [Walter Falceta] Acorda, presidente!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes