Torcedor conta detalhes de tour na Arena Corinthians; veja fotos

Torcedor conta detalhes de tour na Arena Corinthians; veja fotos

Foto de Eder e seu pai tirada pelo Corinthians durante o tour

Foto de Eder e seu pai tirada pelo Corinthians durante o tour

Foto: Arquivo Pessoal

No último domingo, antes do jogo contra o São Paulo, a Arena Corinthians realizou o primeiro teste do tour do estádio com torcedores. A experiência pôde ser vivida por sócios do Fiel Torcedor.

Um deles, o coordenador de social media Eder Sguerri, contou ao Meu Timão os detalhes desse dia inesquecível. Ele fez o tour acompanhado de seu pai e apontou os melhores momentos, como gritar "Vai, Corinthians!" o tempo todo, e algumas falhas do processo, como uma dificuldade para acessar o estacionamento.

Confira o relato de Eder Sguerri sobre o tour da Arena

Eu e meu pai recebemos um e-mail na sexta-feira, oferecendo o tour pela Arena Corinthians, por R$60,00. Decidimos fazer, já que sempre estamos lá.

Chegamos às 11h40, o passeio era meio dia. Na entrada do estacionamento, uma pequena confusão. Não nos deixaram entrar com o voucher do passeio no celular, teríamos que ir até o portão A para imprimir. Como tínhamos estacionamento para o jogo contra o São Paulo, entramos no portão de sempre e tudo certo.

Ao chegar, fomos para o portão A, onde o guia nos esperava. Nosso nome estava na lista e ficamos esperando para começar o passeio numa sala improvisada com cadeiras e PlayStations no Setor Oeste. Antes de começar o passeio, o guia deu as instruções e disse que ele só começaria se todos gritassem “Vai Corinthians”. Aliás, em todo novo local que entramos no passeio, tivemos que gritar essa frase sensacional.

O passeio começa no átrio principal do prédio Oeste, onde está o museu do torcedor corinthiano. Lá, eles deixaram exposta a taça da Recopa 2013. Após isso, fomos para o businees lounge e depois para o camarote da diretoria. São lugares legais e o guia nos explicou sobre as oportunidades de negócios de cada um deles.

Depois disso, conhecemos o espaço para a imprensa e a sala de entrevistas. Lá, um fotógrafo registra nossa visita para depois colocar a imagem disponível para compra na loja do estádio. Feito isso, conhecemos os corredores do vestiário do adversário, cheio de referências intimidadoras da nossa torcida nas paredes e nos encaminhamos para o vestiário do Timão. No meio do percurso, Andrés Sanches apareceu e nos agradeceu por estar ali e pelo apoio ao Corinthians.

Chegamos na área do Corinthians e fomos para o local de aquecimento do time antes dos jogos. Lá pudemos bater uma bolinha, dar umas risadas. O guia chamou e entramos no vestiário do Timão. Tudo em perfeito estado, muito bonito mesmo.

Saímos do vestiário e fomos para o campo. Lá a gente só pode ir até a grama sintética, sentar nos bancos de reserva. Não é permitida a entrada no gramado. E acho que é muito certo, senão vira bagunça. Ficamos uns 10 minutos lá, tempo suficiente para tiramos fotos e fazermos uma “guerra” de Vai Corinthians com o pessoal que estava visitando os camarotes.

Fim da visita ao campo, subimos toda a escadaria do Setor Oeste Inferior, saímos do estádio e o guia nos deixou na loja para comprarmos a foto, que demorou meia hora para chegar.

Gostei do tour, já tinha feito um na Europa, e não deixou nada a desejar. Seria mais legal se o museu do Corinthians estivesse na Arena. Não sei se já há a opção para pessoas com necessidades especiais, mas é bom ter, porque o passeio é todo feito pelas escadas da Arena. Uma coisa que eu acho que tem que melhorar é o final, o passeio poderia acabar direto na loja e a foto já estar disponível lá, instantaneamente. Tirando isso, o passeio vale o preço que pagamos.

Veja Mais:

  • Marciel e Jô despertam interesse de times brasileiro e alemão; Juninho, Scarpa e Tréllez podem chegar

    Mercado agitado! Veja quem pode deixar e reforçar o Corinthians no resumão do Meu Timão

    ver detalhes
  • Pablo pode voltar a jogar pelo Corinthians em 2018

    Resultado de enquete: torcida se posiciona sobre 'retorno' de Pablo ao Corinthians

    ver detalhes
  • Renato Bittar, empresário de Balbuena, com o zagueiro na porta do CT

    Empresário de Balbuena fala em três ofertas da Europa, mas faz ponderação sobre o zagueiro

    ver detalhes
  • Marcelo Hermes deve ser emprestado pelo Benfica em 2018; Corinthians de olho

    Protegido por R$ 175 milhões, lateral do Benfica é oferecido ao Corinthians para 2018

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes