Grafite diz ter reconhecimento de corinthianos por 'dobradinha' em 2004

86 mil visualizações 69 comentários

Por Meu Timão

Grafite é um dos principais goleadores do Brasileirão 2016

Grafite é um dos principais goleadores do Brasileirão 2016

Divulgação/SCFC

Em 2004, um atacante do São Paulo foi xingado e até ameaçado por torcedores do clube por, acredite, marcar dois gols numa vitória. O motivo? O triunfo ajudou o Corinthians a seguir na Série A-1 do Campeonato Paulista. Doze anos depois, Grafite, protagonista do episódio, diz receber o reconhecimento da Fiel.

“Lembro, lembro até hoje. Quando esqueço, sou lembrado pelos corinthianos e pelos são-paulinos”, disse Grafite, hoje atleta do Santa Cruz, em entrevista ao canal ESPN Brasil.

No dia 14 de março daquele ano, o Timão enfrentou a Portuguesa Santista pela última rodada da primeira fase necessitando da vitória. Caso fosse superado em pleno Pacaembu, a equipe alvinegra teria de torcer por um resultado positivo do São Paulo, rival, contra o Juventus para não disputar a segunda divisão paulista na temporada seguinte.

Embora contasse com o apoio de quase 20 mil corinthianos, o time do Parque São Jorge não foi capaz de derrotar a Portuguesa e saiu de campo derrotado por 1 a 0, gol de Reinaldo. O cenário só não ficou pior porque Grafite, na contramão da torcida são-paulina, chamou a responsabilidade e anotou os tentos da vitória pelo placar de 2 a 1 sobre o Juventus.

Em tom bem humorado, o centroavante, campeão da Libertadores e do Mundial de Clubes da Fifa pela equipe da Vila Sônia, afirmou ter mais carinho de corinthianos do que de são-paulinos.

“O torcedor do Corinthians gosta um pouco mais de mim do que propriamente o do São Paulo (risos). Quando os encontro, os corinthianos me agradecem, e os são-paulinos me criticam por não ter deixado o Corinthians cair, que não foi propriamente isso”, esclareceu.

Depois de atuar no futebol exterior, Grafite retornou ao Santa Cruz em 2015. Aos 37 anos, o jogador é o vice-artilheiro do Campeonato Brasileiro com oito gols, dois a menos que Gabriel, do Palmeiras.

Veja Mais:

  • Corinthians finalizou o primeiro treino preparatório para enfrentar o Bahia, no domingo, pelo Campeonato Brasileiro

    Corinthians se reapresenta e faz treino técnico e de finalizações de olho no duelo contra o Bahia

    ver detalhes
  • Paolo Guerrero deixou o Corinthians em 2015; jogador tem contrato com o Internacional até o final de 2021, mas não deve vir ao Timão

    Diretor de futebol do Corinthians nega procura por Paolo Guerrero: 'Não há interesse'

    ver detalhes
  • Organizadas do Corinthians apoiaram Movimento Salve O Corinthians e reivindicam postura da diretoria

    Movimento de torcedores e organizadas do Corinthians enviam carta com reivindicações à diretoria

    ver detalhes
  • Da venda de Jucilei em 2011 até essas últimas penhoras das cotas do clube, o Caso J. Malucelli passou pela mesa de cinco presidentes: Andrés Sanchez, Mário Gobbi, Roberto de Andrade, Andrés Sanchez e, agora, Duilio Monteiro Alves

    Caso J. Malucelli: Corinthians paga R$ 22 milhões e tenta se livrar de outros R$ 6 mi na Justiça

    ver detalhes
  • Corinthians conheceu primeiro empate no Brasileirão de Aspirantes diante do Red Bull Bragantino

    Corinthians empata com RB Bragantino e perde chance de assumir a liderança do Brasileirão Aspirantes

    ver detalhes
  • Carlos Brazil foi apresentado no Corinthians nesta quinta-feira

    Carlos Brazil quer Corinthians como protagonista na base: 'Time muito grande'

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x