Danilo elogia estreia de Léo Príncipe e quer base aproveitada no Corinthians

Danilo elogia estreia de Léo Príncipe e quer base aproveitada no Corinthians

Por Meu Timão

Léo Príncipe, de 19 anos, teve sua primeira chance como profissional do Corinthians

Léo Príncipe, de 19 anos, teve sua primeira chance como profissional do Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Jogador do Corinthians desde 2010, Danilo viu vários jogadores serem promovidos das categorias de base ao time profissional. Nem todos foram devidamente aproveitados – especialmente graças ao pequeno apreço de Tite por garotos –, e agora o meia de 37 anos espera ter com maior frequência a companhia de atletas mais jovens.

“Sempre tem que ter quatro, cinco jogadores da base. Eles já vão se incorporando, pegando experiência. Futebol é assim. Um exemplo disso aí foi o Malcom. Subiu, fez um treino e já estava jogando”, afirmou, recordando a rápida utilização do atacante por parte de Mano Menezes, em 2014.

No último final de semana, Cristóvão Borges promoveu a estreia de Léo Príncipe. Não era exatamente o plano do treinador, que pediu a contratação de um lateral direito e ainda não foi atendido, mas acabou chegando a vez do garoto de 19 anos.

“Ele foi muito bem. Antes do jogo, falamos: ‘Faz o que você faz no treino’. Não tem segredo, é não inventar. Depois do jogo, demos os parabéns. Ele foi muito bem no jogo”, entusiasmou-se Danilo. “Tem que olhar para a base, sim. A experiência eles vão acabar pegando.”

Marlone
O experiente jogador do Corinthians falou também sobre a situação de Marlone, que já não era utilizado por Tite e não ganhou espaço com Cristóvão Borges. Ainda assim, a diretoria resolveu segurá-lo, e a comissão técnica prometeu que a oportunidade virá.

“É um grande jogador, um grande menino, que treina, tem qualidade. É um jogador que tem que ficar, vamos precisar bastante dele”, disse Danilo, recomendando paciência ao tocantinense apesar da condição de reserva. “Tem uns que aguentam, outros que não aguentam. Mas, na minha opinião, ele tem que ficar.”

Veja Mais:

  • Artilheiro do Brasileirão, Jô pode levar novo gancho do STJD

    Jô e Clayson, do Corinthians, voltam a ser julgados no STJD

    ver detalhes
  • Antonio Roque Citadini é candidato da oposição à presidência do Timão

    Em defesa à Arena, Citadini lembra crime fiscal de Andrés: 'Arrebentou com as finanças'

    ver detalhes
  • Pablo foi campeão paulista e brasileiro pelo Corinthians em 2017

    Corinthians volta a negociar com Pablo e pode contratá-lo para 2018, diz portal

    ver detalhes
  • Vasconcelos deve ter contrato estendido com o Timão até o fim de 2019

    Corinthians prepara extensão de contrato a artilheiro da Copinha

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes