Presidente da Jovem e outros oito santistas são presos por briga com corinthianos

Presidente da Jovem e outros oito santistas são presos por briga com corinthianos

Por Meu Timão

Santistas terão prisão temporária de cinco dias

Santistas terão prisão temporária de cinco dias

Foto: Reprodução

Nove mandados de prisão contra membros da Torcida Jovem, do Santos, foram cumpridos na manhã de terça-feira. Eles são acusados de brigar com torcedores do Corinthians, no dia 1º de junho, na estação Penha do Metrô. Entre os detidos, está o presidente da organizada, Denis de Almeida.

Todos eles foram levados ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no centro de São Paulo. A Operação Aquarius, como foi denominada pela Polícia Civil, usou 20 carros e 60 policiais. Além dos mandados de prisão executados, há mandados de busca e apreensão a ser cumpridos.

A briga ocorreu no dia 1º de junho, quando Corinthians e Santos se enfrentaram em Itaquera, com torcida única dos donos da casa. Acusados de fazer uma emboscada na estação Penha, que fica no caminho do centro da capital para a arena, os santistas foram identificados por câmeras de segurança.

Indiciados por provocação e tumulto, lesão corporal e roubo, eles terão uma prisão temporária de cinco dias. De acordo com a delegada Margarete Barreto, da Delegacia de Repressão a Delitos de Intolerância Esportiva (Drade), dos presos, só o presidente Denis de Almeida exerce cargo de liderança na Jovem.

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes