Com uma falha de Felipe, Corinthians empata com a Portuguesa

O sábado de Carnaval não será lembrado com carinho pelas defesas de Portuguesa e Corinthians. Em jogo no qual sobrava suor, mas faltava técnica no arremate, as duas equipes empataram em 1 a 1, no...
Elias comemorando o gol de empate do Corinthians

Elias comemorando o gol de empate do Corinthians

O sábado de Carnaval não será lembrado com carinho pelas defesas de Portuguesa e Corinthians. Em jogo no qual sobrava suor, mas faltava técnica no arremate, as duas equipes empataram em 1 a 1, no Canindé, pelo Paulistão. E os dois gols tiveram grandes colaborações dos sistemas defensivos dos adversários.

Do lado corintiano, o vilão foi Felipe, que não defendeu cobrança sem força de Marco Antonio, em gol no começo do jogo. Pelo lado rubro-verde, os zagueiros Preto e Domingos não se entenderam na área, entregando bola para Elias, que empatou o jogo no segundo tempo.

O empate no Canindé frustrou o plano corintiano de assumir a liderança provisória do Estadual, enquanto a Lusa aumentou a série sem vitória - 6 jogos.

O time do Parque São Jorge, que esperava assumir a liderança provisória no torneio, e chegou a 15 pontos. O Santos começou a rodada na liderança, com 16 pontos. Com este resultado, a Portuguesa soma nove pontos.

O clássico disputado em pleno sábado de Carnaval apresentou pouca movimentação nos 10 minutos iniciais. A monotonia foi quebrada aos 11 min, em falha grotesca de Felipe em cobrança de falta de Marco Antonio. A bola veio praticamente recuada ao gol, sem força, mas o goleiro se enrolou ao tentar a matada e deixou a bola entrar.

Pedindo desculpas à torcida, Felipe teve seu nome saudado pela torcida corintiana após o gol. O camisa 1 já havia falhado feio nos empates contra Monte Azul e Mirassol neste Paulistão.

Em desvantagem, o Corinthians passou a ter maior controle de jogo. As jogadas criadas no meio-campo, porém, esbarravam na falta de uma referência no ataque. Único jogador de frente, Iarley era acompanhado de perto por Domingos e Preto Costa.

Sem vários jogadores, entre os quais Ronaldo, Chicão e Danilo, o Corinthians demonstrava falta de entrosamento, desperdiçando passes fáceis. A Lusa aproveitava seguidos vacilos do Corinthians para ensaiar jogadas de ataque, mas também errava toques de bola.

Mesmo sem apresentar grande volume de jogo, o Corinthians tratou de pressionar a Lusa no primeiro tempo. Iarley desperdiçou ótima chance de empatar, errando chute dentro da área.

Vilão no primeiro tempo, Felipe começou a segunda etapa salvando o Corinthians em duas oportunidades, impedindo gols de Paulo Sérgio e Heverton.

A Portuguesa seguia a mesma receita da etapa inicial: usar os contra-ataques e bobeadas da zaga corintiana.

O Corinthians seguia incomodando a defesa da Lusa, apesar da má pontaria. De tanto insistir, o time do Parque São Jorge chegou ao empate, com Elias, em conclusão dentro da área, beneficiado após erros de Preto e Domingos.

O gol impulsionou o Corinthians, que manteve o time postado basicamente no campo rival.

A Lusa ficou com um a menos em campo restando 10 minutos para o fim. Domingos recebeu cartão vermelho. A perda de um jogador fez o técnico Benazzi tirar Heverton para a entrada de Jaime.

Com um a menos, a Lusa controlou o jogo, segurando a bola no ataque e impedindo avanços corintianos. No minuto final, o Corinthians quase virou, mas cabeceada de Jucilei acertou a trave.

Fonte: UOL

Com uma falha de Felipe, Corinthians empata com a Portuguesa Com uma falha de Felipe, Corinthians empata com a Portuguesa 0

Veja Mais:

  • De volta ao Timão, Marciel deve enfrentar Botafogo neste sábado

    Sem Cássio, Carille surpreende e promove duas mudanças no time para pegar Botafogo

    ver detalhes
  • Carille terá 22 jogadores à disposição neste sábado contra o Botafogo

    Com só dois meias, Carille relaciona 22 jogadores contra o Botafogo

    ver detalhes
  • Acertado com Corinthians, Luidy deixará o CRB apenas no fim da temporada

    Valor à vista, salários gradativos e até carro popular: dirigente explica venda de Luidy ao Timão

    ver detalhes
  • Último relatório divulgado ainda não tinha Roberto de Andrade como presidente

    Corinthians quebra ciclo desde 2008 e não divulga relatório de sustentabilidade

    ver detalhes

Comente a partida

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes