Lesões, concorrência e calendário longo: Cristóvão explica os motivos da reserva de Marlone

Lesões, concorrência e calendário longo: Cristóvão explica os motivos da reserva de Marlone

Por Meu Timão

Treinador garantiu que chance para Marlone está perto de acontecer

Treinador garantiu que chance para Marlone está perto de acontecer

Foto: Agência Corinthians

Desde que assumiu o comando técnico do Corinthians, há pouco mais de um mês, Cristóvão Borges vem lidando constantemente com críticas e perguntas em relação à reserva do meia Marlone. Em meio ao assunto que vem se tornando polêmico a cada partida do Timão, o treinador pontuou os motivos da atual escolha e assegurou a qualidade do camisa 8.

“Conheço o Marlone, pois já trabalhei com ele no Vasco e no Fluminense e ele amadureceu bastante no tempo que passou no Sport. Só que quando ele chegou no Corinthians e teve aquela coisa que atrapalha muito, já que se machucou e atrapalhou ele ter as oportunidades. Em time como o Corinthians, você tem que buscar as oportunidades, tê-la e aproveitá-las. Quando você tem demora para ter a fila é altamente competitiva”, declarou, em participação no programa Seleção SporTV.

Um dos principais fatores para a ausência de Marlone na equipe titular, segundo Cristóvão Borges, é a grande concorrência no setor onde o meia prefere jogar. Atualmente, o Timão conta com Giovanni Augusto, Guilherme, Rodriguinho e Danilo para a função de meia central na formação da equipe, motivo que contribuiu para o interesse de outros clubes na contratação de Marlone recentemente.

“A função que ele joga, tenho quatro atletas. Ele até pode jogar em outra posição, mas onde ele gosta de jogar, tenho quatro. Já conversei com ele, vai ter a chance, como outros. Quando cheguei aqui teve jogador que nem tinha jogado. Mas já falei com ele e disse que vai ter sua chance”, acrescentou.

Em relação às oportunidades tanto solicitadas pelos torcedores corinthianos e também desejada pelo próprio Marlone, o treinador mencionou a sequência de jogos a partir de agosto e assegurou novamente que o atleta terá sua chance entre os titulares.

“Ele vai ter oportunidade de jogar. Ele, assim como os outros, estão buscando um lugar. E, como a equipe ainda está em um momento de formação, sempre há essa possibilidade. A partir do próximo mês, começa a Copa do Brasil, nós vamos jogar duas competições simultâneas, isso aumenta também a possibilidade do grupo se diversificar em termos de participação nos jogos”, completou.

Somando 30 pontos, o Corinthians ocupa a vice-liderança do Campeonato Brasileiro. O Timão volta a campo no domingo, às 16h, quando enfrenta o Internacional, no Beira-Rio, em duelo válido pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Auricchio (à dir.) passou a integrar diretoria da base do Corinthians

    Corinthians nomeia ex-diretor de futebol para cargo na base

    ver detalhes
  • Após 1 a 1 na Arena, Timão volta a campo contra São Paulo na tarde deste domingo

    Rival tropeça, e Corinthians pode diminuir distância para primeira colocação geral

    ver detalhes
  • Carille não confirmou a equipe titular que enfrenta o São Paulo

    Rodriguinho não treina e Balbuena volta: veja provável escalação do Corinthians para o Majestoso

    ver detalhes
  • Em rede social, Kazim responde Gabriel: 'Pra cima dos bambis'

    Em rede social, Kazim provoca São Paulo antes de clássico: 'Pra cima dos bambis'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes