Ainda sem aprovação, partido corinthiano tenta derrubar torcida única em São Paulo

Ainda sem aprovação, partido corinthiano tenta derrubar torcida única em São Paulo

Por Meu Timão

Em São Paulo, clássicos só acontecem com torcida única nos estádios

Em São Paulo, clássicos só acontecem com torcida única nos estádios

Foto: Alexandre Schneider/Getty Images

Mesmo sem conseguir a aprovação legal, o Partido Nacional Corinthiano (PNC) apresentou uma ação civil pública contra a Federação Paulista de Futebol. A proposta do grupo buscava revogar medidas de torcida única em clássicos e liberação de instrumentos musicais e camisas de torcidas organizadas em estádios.

O grupo político segue em fase de formação e obteve seu registro no final do ano passado pelo Tribunal Superior Eleitoral. Porém, teve sua ação foi rejeitada pela Justiça de São Paulo. A entidade apresentou a alegação de que o partido não possui legitimidade para derrubar a medida.

O juiz Helmer Auguto Toqueton Amaral, responsável por assinar a sentença na última terça-feira, segundo o Globo Esporte, afirmou que não é função de partido político a apresentação de demandas como essas.

A própria Federação Paulista que a ação foi direcionada, apresenta ser contrária à medida e já tentou derrubá-la. Mas também não obteve sucesso.

A decisão que proibiu a entrada de torcedores visitantes em partidas entre Corinthians, Palmeiras, São Paulo e Santos, veio diretamente da Secretaria Segurança Pública, seguindo recomendação do Ministério Público. A decisão persiste até o final da temporada e vigora desde abril, quando uma pessoa morreu em uma briga entre torcedores corinthianos e palmeirenses antes de um clássico entre os clubes pelo Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Com a 9 corinthiana, Luizão foi artilheiro da Libertadores de 2000, com 15 gols

    Ao Meu Timão, Luizão fala da busca do Corinthians por centroavante: 'Se cavar, acha na Argentina'

    ver detalhes
  • Camacho (à dir.) ganhou oportunidade entre os titulares no treino desta sexta

    Carille esboça time titular com uma troca; chance de mudança no esquema existe

    ver detalhes
  • Emerson Sheik com a camisa do Corinthians em coletiva no CT

    Emerson Sheik é apresentado, diz entender desconfiança e promete dar resposta em campo

    ver detalhes
  • Sheik assinou contrato até o fim de junho

    Emerson Sheik fala sobre contrato de seis meses, aposentadoria e possível renovação com Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes