Corinthians convive com incertezas em renovação de Bruno Henrique; entenda

Corinthians convive com incertezas em renovação de Bruno Henrique; entenda

Por Meu Timão

Bruno Henrique possui contrato com o Timão até o final da temporada

Bruno Henrique possui contrato com o Timão até o final da temporada

Foto: Agência Corinthians

Um dos principais jogadores do atual elenco corinthiano e dono do maior desempenho em desarmes do Campeonato Brasileiro, o volante Bruno Henrique vem se tornando cada vez mais um motivo de preocupação dentro do Corinthians. O camisa 25, que possui vínculo com o clube até o final da temporada, ainda não teve o contrato prorrogado junto à diretoria do Timão. A informação é do Lance!.

O caso, mesmo após a garantia de Alessandro, que assegurou a proximidade na definição, ainda não foi resolvido. Segundo argumentado pelo gerente de futebol do clube, a renovação seria realizada junto à CBF em uma semana livre de jogos, devido ao prazo solicitado pela entidade para a alteração de contratos. Mas, mesmo depois de quatro semanas com partidas somente aos finais de semana, a situação ainda continua com uma incógnita.

Além disso, tentativas do Corinthians pela renovação tiveram início em março, porém foram interrompidas em uma série de fatores burocráticos. Fato é que, restando menos de seis meses para o final do vínculo, o volante já está liberado para assinar um pré-contrato com outro clube.

Dono de apenas 25% dos direitos econômicos do jogador, o Timão espera comprar outra parcela com o mesmo valor pertencente ao Banco BMG, que utiliza o nome do Coimbra, de Portugal, para registro de jogadores. Bruno Henrique ainda tem 50% ligados ao Londrina, seu clube formador. Ou seja, para chegar à renovação e ampliação do vínculo por mais dois anos, o Corinthians não depende somente dos valores acordados com o próprio atleta.

Entretanto, mesmo em meio à indefinição, a OTB, empresa dos representantes do atleta, também reitera que o acerto junto ao Timão está muito próximo e separado por detalhes. O prazo preocupa os dirigentes corinthianos, que temem ofertas futuras pelo jogador, algo que elevaria o valor já aceito entre as partes.

Veja Mais:

  • Recuperado de lesão, Balbuena volta a compor zaga com Pablo; dupla terá de parar melhor ataque do Paulista

    Defesa x ataque: Corinthians e São Paulo buscam vitória e equilíbrio em clássico no Morumbi

    ver detalhes
  • Auricchio (à dir.) passou a integrar diretoria da base do Corinthians

    Corinthians nomeia ex-diretor de futebol para cargo na base

    ver detalhes
  • Após 1 a 1 na Arena, Timão volta a campo contra São Paulo na tarde deste domingo

    Rival tropeça, e Corinthians pode diminuir distância para primeira colocação geral

    ver detalhes
  • Carille não confirmou a equipe titular que enfrenta o São Paulo

    Rodriguinho não treina e Balbuena volta: veja provável escalação do Corinthians para o Majestoso

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes