CBF avalia clubes e define regras de gestão para que eles possam jogar a partir de 2018

CBF avalia clubes e define regras de gestão para que eles possam jogar a partir de 2018

Por Meu Timão

Manoel Flores (à esq.), diretor de competições da CBF, diz que 'ideia é elevar o padrão'

Manoel Flores (à esq.), diretor de competições da CBF, diz que 'ideia é elevar o padrão'

Foto: Divulgação

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) contratou uma empresa de auditoria que fará uma avaliação de seus filiados até o fim do ano. Ao longo do segundo semestre, os 40 clubes das duas primeiras divisões do Campeonato Brasileiro serão observados para que regras de gestão sejam implantadas em 2017.

Pelo cronograma definido, haverá no próximo ano uma série de exigências a ser atendidas, ligadas à saúde financeira e à estrutura oferecida a atletas e torcedores. Em caso de não cumprimento dos pré-requisitos, a maior punição prevista é o time ser impedido de participar, em 2018, das competições organizadas pela CBF.

O regulamento já foi entregue aos clubes e tem cinco pontos principais. Primeiramente, há programas de fomento à base e ao futebol feminino. Em segundo lugar, exigem-se cadeiras nos estádios e um centro de treinamento. Há ainda a necessidade de adequação dos estatutos e uma proibição de acionamento à Justiça comum.

Quanto à administração, as regras impõem sua profissionalização. O quinto e último ponto é o sistema de “fair play financeiro”, com padronização nos balanços e auditoria. São exigidos pagamento em dia e limite de gastos com o departamento de futebol.

Para definir o regulamento, a CBF se baseou em alguns que já estão em vigor na Europa. A ideia é implementá-lo plenamente em oito anos, prazo semelhante ao observado entre os europeus. Segundo a confederação, as ideias foram bem recebidas pelos dirigentes dos times.

Veja Mais:

  • Lucca jogou emprestado à Ponte Preta em 2017

    Proposta curiosa do Cruzeiro pode colocar atacante do Corinthians no São Paulo; entenda

    ver detalhes
  • Rodriguinho está na mira dos chineses

    Chineses intensificam sondagens, e Rodriguinho pode deixar Corinthians no início de 2018

    ver detalhes
  • SAUDAÇÕES CORINTHIANAS #16 | 7 zagueiros para 2018

    VÍDEO: SAUDAÇÕES CORINTHIANAS #16 | 7 zagueiros para 2018

    ver detalhes
  • Oposicionista deve oficializar sua candidatura em breve

    Com diretores atuais como vice, Paulo Garcia se lança como candidato à presidência do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes