Grato ao Corinthians, Edmundo diz que gostaria de ter ficado mais no clube

Grato ao Corinthians, Edmundo diz que gostaria de ter ficado mais no clube

Por Meu Timão

Com um boné da Gaviões, Edmundo escondeu cicatriz na testa na apresentação

Com um boné da Gaviões, Edmundo escondeu cicatriz na testa na apresentação

Foto: Reprodução

Ídolo do arquirrival Palmeiras, Edmundo é grato ao Corinthians. O jogador passou pelo clube do Parque São Jorge em 1996, logo após um grave acidente automobilístico que matou três pessoas, e reconhece a oportunidade recebida em um momento muito complicado.

“Sou muito grato ao Corinthians porque, no momento mais difícil da minha vida, foi quem me acolheu. O acidente foi no dia 2 de dezembro. Eu cheguei ao Corinthians um mês depois, 45 dias depois”, disse ao UOL o ex-atacante, que se apresentou com o rosto cheio de cicatrizes.

Edmundo dirigia um Jeep Cherokee a 120 quilômetros por hora e bateu em um Fiat Uno, na zona sul do Rio de Janeiro. Após o ocorrido, pelo qual chegaria a ser brevemente preso anos mais tarde, o melhor foi deixar o Flamengo e o Rio de Janeiro.

A rápida passagem pelo Corinthians não foi ruim. O atleta, então com 24 para 25 anos, fez 23 gols em 33 partidas em preto e branco. Marcou contra todos os rivais – diante do Palmeiras, chegou a balançar a rede com o símbolo do Timão – antes de voltar ao Vasco.

“Fui artilheiro do time na Libertadores. Fiz um número bem expressivo de gols, quase um por partida. Minha performance foi muito boa. O Corinthians teve a opção de compra, não exerceu. O Eurico (Miranda, presidente do Vasco) se aproveitou, e eu acabei saindo”, comentou.

O adeus foi após seis meses, precoce na visão do ex-jogador. “Eu me arrependo até. Deveria ter ficado um pouco mais no Corinthians pelo que eles fizeram comigo no primeiro momento”, concluiu.

Veja Mais:

  • Copa Sul-Americana terá 32 classificados na segunda fase

    Copa Sul-Americana chega a 21 classificados; torneio pode ter até sete campeões da Libertadores

    ver detalhes
  • Léo Santos (à dir.) deixou atividade mais cedo por conta de bolhas nos pés; Paulo Roberto foi testado na zaga

    Zagueiro deixa treino e faz Carille improvisar nesta quinta-feira; veja escalação do Corinthians

    ver detalhes
  • O meia Régis, do Bahia, recebeu elogios do técnico Fábio Carille

    Corinthians prioriza reforço para a zaga, e dispensa indicação por meia do Bahia

    ver detalhes
  • Sem oportunidades, Bruno Paulo está próximo de deixar o Corinthians

    Fora dos planos do Corinthians, Bruno Paulo negocia com time pernambucano

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes