Corinthians descarta investida por artilheiro da Série B; Cristóvão minimiza 'urgência'

40 mil visualizações 132 comentários

Goleador da segunda divisão do Brasileiro, 'Gustagol' interessa ao Corinthians

Goleador da segunda divisão do Brasileiro, 'Gustagol' interessa ao Corinthians

Fernando Ribeiro/A.Imprensa do E.C. Criciúma

Embora procure peças para reforçar seu elenco, o Corinthians não pretende abrir os cofres para trazer o atacante Gustavo, do Criciúma, um dos destaques da Série B do Campeonato Brasileiro. O clube alvinegro sondou a situação do atual artilheiro da divisão de acesso e ouviu da direção do time catarinense que o jogador será liberado somente mediante ao pagamento integral da multa rescisória, estipulada em R$ 12 milhões.

Conforme apurado pelo Meu Timão, o montante está longe da quantia considerada ideal pela diretoria do Corinthians pelo centroavante de 22 anos. Apesar de não abrir mão da quantia, o Criciúma chegou a sinalizar que venderia o atleta por até R$ 10 milhões – mesmo valor arrecadado pelo Timão com a transferência de Alexandre Pato ao Villarreal, da Espanha, no início da semana –, ideia rejeitada pela equipe paulista.

O interesse corinthiano em “Gustagol”, apelido que recebeu da torcida do Criciúma, surgiu há cerca de duas semanas. O presidente do clube de Santa Catarina, Jaime Dal Farra, revelou ter sido procurado por um agente ligado ao Timão para tratar do jogador. Revelado pelo Taboão da Serra (SP), Gustavo soma 30 jogos e 18 gols em 2016, onze deles marcados na segunda divisão do Brasileiro.

Em entrevista coletiva na noite desta sexta-feira, no CT Joaquim Grava, o técnico Cristóvão Borges foi questionado a respeito do goleador da Série B, mas tratou de manter a discrição. “Um perfil que possa nos ajudar. Queremos jogador de característica diferente, então todos os aspectos fazem da procura mais fácil ou difícil. Não falamos em nome porque dificulta. Divulgar complica”, disse.

No entanto, o comandante alvinegro revelou que o clube, auxiliado pelo Centro de Inteligência do Futebol (Cifut), observa atletas nas divisões inferiores do futebol nacional ou que não tenham completado sete jogos na Série A, podendo assim reforçar o Corinthians na sequência do Brasileirão e no início da Copa do Brasil.

“Temos uma lista de jogadores que estamos analisando. Como já tivemos urgência, não é o caso agora. Para contratar, tem de analisar bem para a margem de erro ser menor. Procuramos para acertar”, destacou.

Com 26 gols em 16 rodadas, o Timão, atualmente na vice-liderança, é dono do segundo melhor ataque ao lado do Grêmio. Para o setor responsável por aumentar a marca, Cristóvão conta com sete opções: André, Luciano, Ángel Romero, Rildo, Lucca, Isaac Prado e Bruno Paulo – o último, porém, se recupera de uma lombalgia e não tem data para estrear.

Veja Mais:

  • Pedrinho anota o primeiro gol do Corinthians no Brasileirão Sub-17

    Corinthians supera o Internacional e estreia com vitória no Brasileirão Sub-17

    ver detalhes
  • Corinthians conheceu detalhes de seu último compromisso na fase de grupos do Paulista

    Jogo entre Corinthians e Novorizontino é confirmado à tarde; jogos da rodada serão no mesmo horário

    ver detalhes
  • Camacho em ação contra o Atlético-GO pelo Campeonato Brasileiro do ano passado

    CBF define data e horário para a terceira fase da Copa do Brasil; Corinthians encara o Atlético-GO

    ver detalhes
  • Fábio Carille não esconde incômodo com declaração de Andrés Sanchez

    Carille diz que ficou 'muito chateado' com declaração de Andrés Sanchez: 'Não falo mais com ele'

    ver detalhes
  • Após 12 anos de inúmeros recursos dos dois lados, o Corinthians venceu o ex-jogador Ricardinho na Justiça do Trabalho

    Corinthians vence ex-jogador Ricardinho na Justiça do Trabalho e evita nova perda financeira

    ver detalhes
  • Cauê marcou o segundo gol do Corinthians contra o Huancayo, pela Copa Sul-Americana

    Cauê se torna o segundo jogador do Corinthians mais jovem a fazer gol em um torneio internacional

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x