Incomodado com Timão, comentarista acusa 'plano orquestrado' por título da Libertadores 2012

Incomodado com Timão, comentarista acusa 'plano orquestrado' por título da Libertadores 2012

Por Meu Timão

Comentarista de canal por assinatura disparou contra o Corinthians e a CBF

Comentarista de canal por assinatura disparou contra o Corinthians e a CBF

Foto: Reprodução

A liderança do Corinthians no Campeonato Brasileiro, conquistada após a vitória por 1 a 0 sobre o Internacional, tem incomodado não apenas torcedores rivais. Comentarista do canal por assinatura FOX Sports, Fábio Sormani se revoltou com o triunfo alvinegro do último domingo e disparou críticas ao futebol do país e à Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que, segundo ele, participou de um “plano orquestrado” para que o Timão fosse campeão da Copa Libertadores da América em 2012.

“Eu fico aqui olhando pra tabela, o Corinthians é o líder do campeonato. Eu ainda continuo incrédulo, incrédulo. Eu não acredito. É mais um gol da Alemanha. Isso mostra a pobreza do nosso futebol”, iniciou o comentarista durante um programa da emissora nesta segunda-feira à tarde.

Antes de insinuar um suposto favorecimento ao clube do Parque São Jorge, Sormani relacionou a convocação da Seleção Olímpica, comandada pelo técnico Rogério Micale, com o fato de o Timão não sofrer com desfalques na disputa da competição nacional.

“Porém, eu fico vendo aqui: Santos, segundo colocado, um ponto atrás, três jogadores na Seleção; Palmeiras, segundo colocado também (terceiro), dois jogadores na Seleção. Grêmio, dois jogadores na Seleção. Corinthians, líder do campeonato, não tem nenhum”, frisou.

Para o comentarista, o lateral-direito Fagner teria de estar entre os selecionados de Micale para os Jogos Olímpicos, amenizado a situação dos rivais que cederam atletas para o time verde-amarelo. “O Fagner é o desafogo do Corinthians, é por onde tudo começa, ele joga super bem”, afirmou, tentando consertar.

Antes de passar a palavra, porém, Sormani fez uma acusação grave e disse que a CBF, entidade máxima do futebol brasileiro, teve papel fundamental no título invicto da Libertadores de 2012 erguido pelo Corinthians, o primeiro do clube. De acordo com o comentarista, o ex-presidente do Timão, Andrés Sanchez, tinha livre arbítrio entre os cartolas que comandavam a confederação.

“O Corinthians não tem culpa de nada. Nesse momento, o Corinthians não tem culpa de nada. Quando ele foi campeão da Libertadores, aí sim havia um plano orquestrado dentro da CBF para enfraquecer o Santos pro Corinthians chegar. Chegou e foi campeão”, disparou, acrescentando ainda que o técnico Mano Menezes, ex-Corinthians e à época à frente da Seleção, teve participação no esquema, convocando jogadores do Santos a fim de facilitar a campanha corinthiana.

“Quem comandava a CBF na época? Quem era o cara que comandava a CBF na época? Andrés Sanchez. Quem era o técnico da Seleção? Mano Menezes”, finalizou.

Veja Mais:

  • Torcida do Corinthians na capital paulista é do tamanho das três rivais juntas

    Nova pesquisa aponta tamanho da Fiel igual à soma das três torcidas rivais

    ver detalhes
  • Corinthians enfrenta o Brusque nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil

    Corinthians inicia semana com decisão pela Copa do Brasil e outro clássico na Arena

    ver detalhes
  • Jadson deve fazer sua reestreia contra o Brusque, em Santa Catarina

    Reestreia de Jadson em Santa Catarina deve ser confirmada nesta segunda-feira

    ver detalhes
  • Nos últimos dez jogos, o Timão conta com oito vitórias, um empate e uma derrota

    Aproveitamento do Corinthians em 2017 supera equipe de Tite que conquistou hexacampeonato

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes