Cerimônia da Rio-2016 tem gritos de 'vai Corinthians', e Timão provoca cariocas

Cerimônia da Rio-2016 tem gritos de 'vai Corinthians', e Timão provoca cariocas

Por Meu Timão

Corinthianos invadiram Maracanã durante a cerimônia de abertura da Rio-2016

Corinthianos invadiram Maracanã durante a cerimônia de abertura da Rio-2016

Foto: Reprodução/Twitter

Conhecida por se fazer presente em qualquer lugar do mundo, a Fiel compareceu ao estádio do Maracanã nesta sexta-feira à noite para prestigiar a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Embora o estádio estivesse repleto de turistas, atletas e milhares de torcedores de outros times, “loucos” do bando trataram de marcar presença.

Em certo momento da apresentação, quando o volume vindo das arquibancadas foi silenciado por alguns segundos, adeptos do clube do Parque São Jorge não perderam a oportunidade e gritaram “vai, Corinthians!”.

As vozes alvinegras eram tamanhas que ganharam a atenção da imprensa que cobria o evento. A repórter Camila Mattoso, do jornal Folha de S.Paulo, registrou o ocorrido em seu perfil no Twitter, e o Corinthians, em tom bem humorado, tratou de provocar seus rivais cariocas, sobretudo o Fluminense e o Vasco.

“Depois de 1976 e 2000, nos sentimos em casa no Maracanã. #VaiCorinthians”, escreveu a fanpage oficial do Timão na rede social, se referindo à semifinal do Campeonato Brasileiro de 1976 contra o Fluminense, lembrada como “Invasão de 1976”, e ao título do Mundial de Clubes da Fifa de 2000, conquistado sobre o Vasco da Gama.

Veja o tweet do Corinthians sobre a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos

Veja Mais:

  • Sob comando de Coelho, Timãozinho cai nas oitavas da Copinha

    Falhas individuais custam caro, e Corinthians é eliminado da Copinha

    ver detalhes
  • Superado pelo Avaí, o Timãozinho deu adeus à Copinha de 2018

    Em partida sem craques, Fiel não perdoa Corinthians por eliminação na Copa São Paulo de 2018

    ver detalhes
  • Bilu esconde choro após derrota do Timão para o Avaí

    Corinthianos deixam campo às lágrimas após queda na Copinha; Coelho: 'Perdemos para nós mesmos'

    ver detalhes
  • Alessandro é homem forte do futebol corinthiano neste início de 2018

    Alessandro abre o jogo sobre Henrique Dourado e busca do Corinthians por camisa 9

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes