Em retorno ao Pacaembu, Fiel acende sinalizadores em jogo contra o Cruzeiro

Em retorno ao Pacaembu, Fiel acende sinalizadores em jogo contra o Cruzeiro

Por Meu Timão

Antes do confronto contra o Cruzeiro na noite desta segunda-feira, a torcida do Corinthians relembrou os velhos tempos no estádio do Pacaembu. Parte da Fiel acendeu sinalizadores durante a execução do hino nacional, nas arquibancadas. O ato não atrasou o início do jogo.

Com mais de 32 mil ingressos vendidos para o duelo, o Timão, que não era mandante no estádio desde abril de 2014, ganhou apoio da torcida na busca pelo topo da tabela da competição nacional, precisando de uma vitória 'elástica', com mais de três gols de diferença em cima do adversário, para alcançar o feito.

A torcida corinthiana realizava frequentemente a ação no estádio, quando o Timão era mandante. O Pacaembu foi palco de grandes conquistas do Corinthians em sua história, sendo a principal o histórico título da Libertadores de 2012 na vitória sobre o Boca Juniors. A "saudosa maloca" sempre estará presente na memória do torcedor.

Vale lembrar que o uso de sinalizadores é proibido em estádios brasileiros, mas os torcedores continuam conseguindo entrar com os objetos. A ação deixa o clube sujeito a punição pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva.

Confira vídeo dos sinalizadores antes do jogo

Veja Mais:

  • Torcedor é retirado após insistir em ficar em pé no Setor Oeste

    Vídeo de torcedor sendo retirado pela PM por estar em pé na Arena divide opinião da Fiel; assista

    ver detalhes
  • Fagner em partida contra o São Paulo, pelo Paulistão

    TJD-SP volta atrás sobre julgamento de Fagner, que pode desfalcar Corinthians em decisão

    ver detalhes
  • Cássio foi presenteado por Dona Lina no encontro dos dois no CT Joaquim Grava

    Com presente guardado desde o Mundial, corinthiana de 87 anos realiza sonho de conhecer Cássio

    ver detalhes
  • Felipe, Malcom e Gil foram vendidos pelo Corinthians em 2016

    Venda de atletas e luvas da TV fazem Corinthians ter maior arrecadação da história em 2016

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes