Presidente do Palmeiras admite que Corinthians tem dois títulos mundiais

Presidente do Palmeiras admite que Corinthians tem dois títulos mundiais

Por Meu Timão

De acordo com o palmeirense Paulo Nobre, 'o que é certo é certo'

De acordo com o palmeirense Paulo Nobre, 'o que é certo é certo'

Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras

O presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, reconheceu o que muitos torcedores de seu clube se recusam a admitir. Em discussão na qual tentava apontar o time alviverde como campeão mundial de 1951, o dirigente colocou o Corinthians como o campeão de 2000 e minimizou os questionamentos em torno da primeira conquista planetária alvinegra – o Timão foi bi em 2012.

“Sem dúvida nenhuma”, resumiu, em entrevista à rádio 89 FM. “Podem falar que o Corinthians não tinha ganhado a Libertadores. Paciência. Foi como convidado do país-sede. O Mundial foi no Brasil. Em Copas do Mundo, o país-sede também é convidado. Sei que existe rivalidade, mas o que é certo é certo".

Nobre procurou colocar em patamar semelhante as competições mundiais organizadas pela Fifa, a partir de 2000, e disputas anteriores que não tinham representantes de todos os continentes. Assim, disse ver na Copa Rio vencida pelo Palmeiras em 1951 e nas várias edições da Copa Intercontinental versões embrionárias do Mundial.

“Se você considerar que o Intercontinental do São Paulo como Mundial, se considerar o título de 2000 do Corinthians, porque eu considero, qual é a diferença do Mundial do Palmeiras? Foi o primeiro a existir no mundo”, afirmou, sem se ruborizar. “Foi o embrião do primeiro mundial. O palmeirense não tem nenhuma dúvida de que o Palmeiras foi campeão mundial.”

Veja Mais:

  • Romero foi bastante participativo no primeiro tempo, mas 'sumiu' na etapa final

    Sem criar chance de gol, Corinthians cai na pilha do Racing e é eliminado da Sul-Americana

    ver detalhes
  • Rodriguinho foi expulso após dar solada no atleta adversário

    Fiel não perdoa, e Rodriguinho beira nota zero em eliminação do Corinthians na Argentina

    ver detalhes
  • Rodriguinho deixou El Cilindro sem conversar com a imprensa

    Rodriguinho pede desculpas ao elenco por expulsão, mas opta pelo silêncio na zona mista

    ver detalhes
  • Adauto falou com a imprensa na saída do estádio El Cilindro

    Diretor do Corinthians detona arbitragem na Argentina: 'Verdadeiros artistas'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes