Brandonn Almeida vai bem, mas não garante vaga na decisão dos 1500m livres

Brandonn Almeida vai bem, mas não garante vaga na decisão dos 1500m livres

Por Meu Timão

O nadador do Corinthians foi bem mas não conquistou a classificação.

O nadador do Corinthians foi bem mas não conquistou a classificação.

Foto: Satiro Sodré/SS Press/CBDA

Nadador do Corinthians, Brandonn Almeida teve bom desempenho, mas não conquistou a classificação nos 1500m livres nesta sexta-feira e se despediu dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

Com o tempo cravado de 15min14s, o atleta alcançou a quarta posição em sua bateria durante as semifinais da modalidade, mas não se classificou para a disputa pelo ouro olímpico. Brandonn terminou em 29º lugar na classificação geral da prova e perdeu a chance de medalha para o Timão nos Jogos.

Um dos cinco representantes do Timão no Rio 2016, o nadador foi o primeiro brasileiro a cair na piscina na competição ao disputar os 400m medley, mas também não chegou à final. Com o tempo de 4min15s ficou como 15º colocado na classificação. O jovem ganhou destaque no nado de costas e é dono da segunda melhor parcial. Porém, teve menos força no peito durante os momentos finais.

O atleta de 19 anos é formado pelas categorias de base do time alvinegro, entrou como destaque na equipe brasileira de natação no maior evento poliesportivo do mundo.

Veja Mais:

  • Patch de homenagem a Chapecoense na camisa do Corinthians

    Veja imagens da camisa do Corinthians com o patch da homenagem a Chapecoense

    ver detalhes
  • Marinho vem sendo pedido por torcedores do Corinthians para 2017

    Pedido pela torcida do Corinthians, Marinho admite deixar Vitória em 2017

    ver detalhes
  • Simi passou sete anos no Corinthians

    Simi reclama de saída do Corinthians e projeta 'final às avessas' da LNF no Parque São Jorge

    ver detalhes
  • Oswaldo divulgou lista de relacionados do Corinthians

    Com apenas um desfalque, Corinthians divulga lista de relacionados para enfrentar Cruzeiro

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes