Inspirado, Souza faz dois gols e ajuda Corinthians a bater o Mogi por 3 a 0

Inspirado, Souza faz dois gols e ajuda Corinthians a bater o Mogi por 3 a 0

Por Meu Timão

Souza fez seus primeiros gols no Paulista

Souza fez seus primeiros gols no Paulista

Foto: GloboEsporte.com

Souza está disposto a provar que pode ser um bom reserva para Ronaldo. E nesta quarta-feira mostrou que o empenho para isso será grande. Na briga por uma das 25 vagas do Corinthians na Libertadores, o centroavante foi o destaque da equipe alvinegra nesta noite: marcou dois gols na vitória por 3 a 0 sobre o Mogi Mirim, no estádio João Paulo II, pela nona rodada do Paulista. Chicão fechou a contagem.

Alvo de muitas críticas em 2009 pelos poucos gols anotados, Souza viu sua estrela brilhar. Mostrou oportunismo para estufar as redes adversárias duas vezes e ajudou o Corinthians a se manter na parte de cima da classificação. O time de Mano Menezes agora tem 18 pontos e está em segundo lugar, mas pode cair uma posição dependendo do resultado do Botafogo na quinta-feira.

A atuação desta quarta teve um importante significado pessoal para Souza. O centroavante sempre recebeu muito apoio de Mano, mas custou a corresponder. Nesta quarta, deu indícios de que a confiança e os gols no Paulista podem ajudá-lo a, enfim, justificar sua contratação.

No aspecto coletivo, mesmo com pelo menos quatro jogadores considerados reservas, Mano decidiu manter a equipe no 4-4-2 para simular o esquema que escolheu para este início de temporada e, principalmente, para a Libertadores. Por isso, Morais entrou no meio-campo com a função de armador que será de Danilo.

A falta de mais entrosamento dificultou as coisas para o ex-jogador do Vasco, mas dos seus pés saíram boas tentativas e o gol corintiano. As tabelas com Jorge Henrique, Tcheco e Souza começaram a dar trabalho ao Mogi Mirim. E em uma jogada individual de Morais pela ponta direita, aliada a uma bola mal afastada pela zaga, culminou no gol de Souza aos 33min do primeiro tempo.

Tcheco também teve uma boa oportunidade, defendida por Alex Alves. O time da casa só assustou Felipe uma vez. O goleiro alvinegro, porém, conseguiu afastar. “Falta só acertar um pouco mais a marcação. Agora vamos tentar segurá-los e jogar nos erros, como fizeram com a gente”, observou Elias no intervalo.

E foi justamente em uma saída rápida que o Corinthians chegou ao segundo gol. Jorge Henrique deu passe preciso da esquerda para Souza. Dentro da área, o atacante chutou na saída de Alex Alves e fez 2 a 0. Ao ser substituído alguns minutos depois, ele sentiu que sua fase está melhorando: em vez de críticas, teve seu nome gritado pela torcida presente no estádio do interior paulista.

Em desvantagem, o Mogi Mirim viu a situação ficar ainda pior com a expulsão de Eduardo, por entrada dura. O preço pago foi caro. Aos 30min, Chicão recebeu cruzamento de Roberto Carlos e tocou entre as pernas do goleiro: 3 a 0 e festa corintiana em Mogi Mirim. Era tudo que o time queria a uma semana da estreia na Libertadores, diante do Racing (URU), no Pacaembu.

Mas antes do compromisso internacional, o Corinthians volta a campo no próximo sábado, às 19h30, para receber o Rio Branco na Arena Barueri. O jogo pode marcar o retorno de Ronaldo.

Fonte: UOL

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes

Comente a partida entre Mogi Mirim e Corinthians

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes