Lucca comenta falta de efetividade do ataque e diz que time tem que 'bater no peito'

Lucca comenta falta de efetividade do ataque e diz que time tem que 'bater no peito'

Por Meu Timão

Lucca entrou na segunda etapa no confronto com o Grêmio, em Porto Alegre.

Lucca entrou na segunda etapa no confronto com o Grêmio, em Porto Alegre.

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Após derrota contra o Grêmio por 3 a 0, em Porto Alegre, o atacante Lucca analisou a falta de efetividade do ataque corinthiano na partida. Reserva na equipe corinthiana, Lucca entrou em campo no segundo tempo do jogo por opção tática do técnico Cristóvão Borges. Durante sua saída do campo sulista, o atleta analisou as oportunidades perdidas em meio as várias finalizações do time alvinegro sobre o adversário.

“Difícil falar um fator, mas creio que, sem dúvidas, tivemos muitas chances, mas não concluímos bem, não soubemos neutralizar o ataque deles. Foram felizes e mataram a partida. Contra-ataque muito rápido e não soubemos pará-los”, declarou o atacante.

"Sem dúvida. Temos que assumir a responsabilidade, bater no peito, saber que temos que melhorar para conseguirmos o nosso objetivo que é ser campeão", completou o meia, falando sobre a pressão após a derrota alvinegra.

O jogador entrou em campo substituindo André, ao lado do companheiro de equipe Marlone que entrou no lugar de Giovanni Augusto. Quando questionado sobre as decisões de seu treinador na alteração do time corinthiano na partida, Lucca afirmou não se achar no direito como jogador de comentar sobre as escolhas do técnico.

“Sobre esquema tático é difícil a gente que é jogador falar, quem decide é o treinador. Temos jogadores que jogam de várias formas, isso quem decide é o treinador. Temos que melhorar, estamos há três jogos sem vencer. Não podemos fazer apenas um ponto. Vamos ver o que erramos pra contra o Vitória para voltar a vencer”, finalizou Lucca.

O próximo jogo do Corinthians no Brasileiro será em seu retorno a Arena em Itaquera. O time enfrenta o Vitória no dia 22 de agosto, segunda-feira, às 20h, visando uma melhora na tabela da competição.

Veja Mais:

  • Em vídeo, Gabriel reitera desculpas por gesto obsceno: 'Não faz parte do meu caráter'

    Em vídeo, Gabriel reitera desculpas por gesto obsceno: 'Não faz parte do meu caráter'

    ver detalhes
  • Clayson comemora gol sobre o São Paulo, o primeiro dele pelo Timão

    Na raça! Clayson decide, Corinthians empata no Morumbi e mantém invencibilidade contra rival

    ver detalhes
  • Clayson assegurou empate fora de casa ao Timão

    Cássio brilha, mas reserva é eleito o melhor do Corinthians no clássico; Jadson destoa

    ver detalhes
  • São Paulo e Corinthians empataram por 1 a 1 no Morumbi

    Comentarista de rádio chama jogadores do Corinthians de delinquentes; clube responde

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes