Diretor de esportes aquáticos do Timão faz balanço sobre participação do clube no Rio 2016

Diretor de esportes aquáticos do Timão faz balanço sobre participação do clube no Rio 2016

Por Meu Timão

O diretor ressaltou o orgulho e a grande oportunidade de poder assistir aos atletas em uma Olimpíada no Brasil.

O diretor ressaltou o orgulho e a grande oportunidade de poder assistir aos atletas em uma Olimpíada no Brasil.

Foto: Divulgação

Após a maior delegação do Corinthians em uma Olímpiada encerrar sua trajetória no Rio 2016, o diretor de esportes aquáticos, Oldano Carvalho, fez um balanço sobre participação dos representantes do Timão no evento. O clube contou cinco atletas e dois treinadores da natação corinthiana nas provas no Estádio Aquático Olímpico, no Parque Olímpico, localizado na Barra da Tijuca.

“Em primeiro lugar, para o Corinthians, foi um orgulho muito grande ver nossos atletas disputando a Olimpíada. Tivemos um atleta disputando uma final olímpica e participação em semifinal olímpica, o que mostra uma boa participação de nossos nadadores no maior evento poliesportivo do mundo”, afirmou Oldano.

Logo em seguida, o diretor comentou sobre a oportunidade que teve ao assistir nadadores do Corinthians competindo por medalha no maior evento poliesportivo do mundo no Brasil, ao lado de grandes nomes da natação mundial.

“Foi uma emoção muito grande. Estive um dia no Conjunto Aquático vendo as provas, e ver nossos atletas disputando ao lado dos maiores nomes da natação foi ótimo. Ver a vibração e incentivo de toda torcida brasileira para nossos atletas marcou bastante. Olimpíada realmente é um evento grandioso, e foi ótimo ver os atletas do Corinthians disputando os Jogos Olímpicos e representando o Brasil”, declarou.

Os nadadores caíram na piscina dos Jogos na última semana e deixaram a competição após sete provas disputadas no total. Leonardo de Deus, Felipe França, Brandonn Almeira, Thiago Simmon e Natália de Lucca deixaram a competição sem medalhas, mas não sem comemorações. O melhor resultado veio com Felipe, que alcançou o sétimo lugar na final nos 100m peito.

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes