Meia armador de origem, Rodriguinho pode voltar à posição no duelo contra o Vitória

Meia armador de origem, Rodriguinho pode voltar à posição no duelo contra o Vitória

Por Meu Timão

Rodriguinho marcou seu último gol na partida contra a Chapecoense

Rodriguinho marcou seu último gol na partida contra a Chapecoense

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Utilizado de maneira improvisada como volante do Corinthians desde que iniciou sua segunda passagem pelo clube, ao longo da temporada anterior, o meia Rodriguinho deve voltar à sua posição de origem na próxima partida do clube. Com o retorno de Elias, depois de cumprir suspensão, o camisa 26 deve ser deslocado para a função de meia armador no compromisso diante do Vitória.

Revelado no ABC de Natal, Rodriguinho iniciou sua trajetória no Corinthians em 2013, após chamar atenção do clube quando defendia as cores do América-MG. Com Tite, o jogador atuou em sua posição de origem, porém não obteve destaque e acabou emprestado para o Grêmio e Al-Sharjah, dos Emirados Árabes. De volta ao Corinthians em 2015, novamente com Tite no comando técnico, Rodriguinho passou a atuar mais recuado no sistema tático e agradou o comandante.

Neste ano, em 29 partidas disputadas, durante as campanhas do Campeonato Paulista, Libertadores e Campeonato Brasileiro, o jogador possui quatro gols marcados. No último deles, contra a Chapecoense, válido pela 14ª rodada da competição nacional, o camisa 26 falou a respeito do processo de adaptação como volante.

“Foi um pouco difícil (jogar de volante) no começo. Quando cheguei aqui, não era muito combativo e não brigava pela bola. Isso da competitividade foi passado a mim nos treinos. Eu me adaptei a essa nova função, precisa marcar um pouco mais, mas venho de trás com a bola e com uma visão melhor. Estou me adaptando bem e feliz de jogar ali”, declarou.

Desde a saída de Renato Augusto, um dos jogadores que deixaram o clube depois do desmanche no elenco hexacampeão brasileiro, o principal dono posição foi Giovanni Augusto, que acumula diversas atuações discretas, fato que teria influenciado Cristóvão Borges a efetuar alterações na equipe.

Além de Rodriguinho e Giovanni Augusto, outras opções na posição são Marquinhos Gabriel, Danilo e Guilherme – o último, que vinha figurando a reserva nas últimas partidas, também tem chances de começar como titular contra os baianos.

Corinthians e Vitória se enfrentam na próxima segunda-feira, às 20h, na Arena Corinthians, em duelo válido pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. Somando 34 pontos, o Timão ocupa o quinto lugar na classificação.

Veja Mais:

  • Copa Sul-Americana terá 32 classificados na segunda fase

    Copa Sul-Americana chega a 21 classificados; torneio pode ter até sete campeões da Libertadores

    ver detalhes
  • Léo Santos (à dir.) deixou atividade mais cedo por conta de bolhas nos pés; Paulo Roberto foi testado na zaga

    Zagueiro deixa treino e faz Carille improvisar nesta quinta-feira; veja escalação do Corinthians

    ver detalhes
  • O meia Régis, do Bahia, recebeu elogios do técnico Fábio Carille

    Corinthians prioriza reforço para a zaga, e dispensa indicação por meia do Bahia

    ver detalhes
  • Sem oportunidades, Bruno Paulo está próximo de deixar o Corinthians

    Fora dos planos do Corinthians, Bruno Paulo negocia com time pernambucano

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes