Love em ascensão, Vilson adversário, liderança isolada: o Timão da 21ª rodada de 2015

Love em ascensão, Vilson adversário, liderança isolada: o Timão da 21ª rodada de 2015

Por Meu Timão

Com gol de Elias, Love e Jadson, o Corinthians conquistou a liderança isolada no Brasileiro.

Com gol de Elias, Love e Jadson, o Corinthians conquistou a liderança isolada no Brasileiro.

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Mesmo após a derrota por 3 a 0 pelo Grêmio, em Porto Alegre, na última rodada do Campeonato Brasileiro, as chances do Corinthians conquistar o título nacional continuam vivas. Fora do G-4, o atual campeão se encontra em uma situação bem diferente da que esteve na competição do ano passado.

Com sete titulares da conquista do hexa nacional (Gil, Felipe, Ralf, Jadson, Renato Augusto, Malcom e Vagner Love) vendidos no início da temporada e com o ex-técnico corinthiano Tite no comando da Seleção Brasileira, o Timão passou por uma série de mudanças de lá para cá.

Em torno disso, o Meu Timão relembrou o Corinthians que entrou em campo pela 21ª rodada do Brasileirão, em sua edição passada, em relação ao atual. Em uma tarde de domingo, no dia 30 de agosto de 2015, o clube alvinegro enfrentou o Chapecoense, na Arena Condá, em meio a ascensão de Vagner Love na competição. O embate em frente a um adversário praticamente imbatível como mandante, terminou com vitória corinthiana por 3 a 1, gols de Elias, Love e Jadson, e colocou o clube alvinegro na liderança isolada no campeonato.

Escalação

Sem o volante Bruno Henrique, suspenso da partida após receber o terceiro cartão amarelo na competição, o Corinthians entrou em campo com o já famoso 4-1-4-1. Para sua equipe titular, Tite definiu a seguinte escalação: Cássio, Fagner, Gil, Felipe, Uendel, Ralf, Elias, Jadson, Renato Augusto, Malcom e Vagner Love. Ainda no primeiro tempo, Uendel deixou o gramado com dores e foi substuído por Guilherme Arana. Já na segunda etapa, o técnico alvinegro optou por Rildo no lugar de Malcom e Danilo substituindo Love.

Ascensão de Love

Com um início ruim com a camisa do Corinthians, Vagner Love passou se destacar no grupo com a saída do atacante Paolo Guerrero. O jogador terminou como artilheiro na temporada passada, como peça chave do elenco do hexacampeonato nacional do Corinthians. Em meio a sua ascensão, o centroavante deixou sua marca na partida, marcando de cabeça aos 13 minutos do primeiro tempo, em um lançamento de Uendel, ampliando o placar após o gol de Elias pelo time alvinegro.

Liderança Isolada

O duelo pôs em cheque a grande fase que o Corinthians enfrentava na competição. Fora de casa e em frente a um adversário que só havia perdido uma partida como mandante, o Timão venceu sem grandes sustos com o placar de 3 a 1. O resultado manteve o time alvinegro na ponta da tabela com 46 pontos, quatro a mais que o segundo colocado, o Atlético-MG, dando a liderança isolada ao clube.

Vilson na Chapecoense

Durante a 21ª rodada do Brasileirão de 2015, o Corinthians não contava com o zagueiro Vilson em seu elenco. O jogador era um dos principais jogadores da defesa da Chapecoense, o adversário corinthiano da ocasião. Vílson defendeu bem o time de Santa Catarina mas não foi páreo para o ataque alvinegro.

Recuperação pós-eliminação da Copa do Brasil

A partida contra o Chapecoense aconteceu três dias após a eliminação do Corinthians na Copa do Brasil do ano passado. O time alvinegro perdeu para o Santos por 2 a 1, na Arena Corinthians, após um placar de 2 a 0 para o rival durante o jogo de ida, na Vila Belmiro. Mesmo desclassificado, o time continuava na ponta da tabela do Campeonato Brasileiro, e o resultado da partida contra o time do Sul demonstrou que o jogo passado não tirou a concentração da equipe corinthiana do título nacional.

Confira os melhores momentos de Corinthians 3 x 1 Chapecoence

Veja abaixo a ficha técnica do duelo

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Data: 30 de agosto de 2015, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Público: 13.322 pagantes
Renda: R$ 349.410,00
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Assistentes: Cristhian Passos Sorence (GO) e Bruno Raphael Pires (GO)
Cartões amarelos: Elicarlos e Neto (Chapecoense); Malcom, Felipe e Jadson (Corinthians)

Gols:
Chapecoence: Bruno Rangel, aos 47 minutos do primeiro tempo
Corinthians: Elias, aos nove, e Vagner Love, aos 13, minutos do primeiro tempo; Jadson, aos 44 minutos do segundo tempo

Chapecoence: Danilo, Apodi, Vilson, Neto e Dener; Elicarlos (Camilo), Cléber Santana, Bruno Silva, Ananias (Maranhão) e Tiago Luis (Wagner); Bruno Rangel
Técnico: Vinícius Eutrópio

Corinthians: Cássio, Fagner, Felipe, Gil e Uendel (Guilherme Arana); Ralf, Elias, Renato Augusto, Jadson e Malcom (Rildo); Vagner Love (Danilo)
Técnico: Tite

Veja Mais:

  • Dispensado do Corinthians, Willians se pronuncia em rede social

    Dispensado do Corinthians, Willians se pronuncia em rede social

    ver detalhes
  • Chapecoense está na Libertadores de 2017; Corinthians segue lutando por vaga

    Conmebol confirma título à Chape, e Libertadores-2017 terá ao menos oito brasileiros

    ver detalhes
  • Wladimir tem 805 jogos com a camisa do Corinthians em seu currículo

    Invasão Corinthiana, impeachment de Andrade e tragédia da Chape: bate-papo com Wladimir

    ver detalhes
  • Muricy atualmente trabalha como comentarista no SporTV

    Corinthians convidou Muricy Ramalho para ocupar cargo na base

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes