Atacante da Seleção Brasileira era alvo de Tite no Corinthians

Atacante da Seleção Brasileira era alvo de Tite no Corinthians

Por Meu Timão

Alvo de Tite no Timão, Taison soma 20 gols em 132 jogos pelo Shakhtar

Alvo de Tite no Timão, Taison soma 20 gols em 132 jogos pelo Shakhtar

Foto: Reprodução/Twitter Shakhtar Donetsk

A primeira lista de atletas convocados para a Seleção Brasileira feita por Tite, ex-treinador do Timão, surpreendeu. Não pela presença do lateral-direito Fagner, nome já esperado pela Fiel, mas por Taison, atacante do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia. O que os torcedores podem não saber, no entanto, é que o brasileiro de 28 anos tinha o apreço pelo técnico já nos tempos de Corinthians, como conta o auxiliar Cleber Xavier.

“Lançamos ele (Taison) no Internacional. Teve um crescimento grande ainda naquela época. É um jogador que evoluiu muito lá na Ucrânia. Ficamos atentos a isso na Florida Cup, inclusive. Foi muito bem naqueles jogos”, revelou Cleber Xavier em entrevista ao ESPN.com.br.

Braço direito de Tite, o ex-profissional alvinegro admitiu que o atacante do Shakhtar era monitorado pelo Centro de Inteligência do Futebol (Cifut) do clube do Parque São Jorge. “Daí em diante passamos a monitorar mais de perto, até pensando para o Corinthians, para tentar trazê-lo em algum momento”, acrescentou.

“É um jogador de beirada, de muita velocidade. Cumpre muito bem as funções tanto com bola quanto sem. Agora que a gente veio para a Seleção vimos a possibilidade de buscá-lo. O momento dele é muito bom, teve um grande desempenho nos últimos jogos”.

Taison foi revelado pelo Internacional, time comandado por Tite entre 2008 e 2009. Nas mãos do técnico, o então atacante de 21 anos cresceu de produção e se tornou protagonista da equipe que ergueu o Campeonato Gaúcho de 2009, terminando a competição na artilharia (15 gols) isolada. Na temporada seguinte, acabou vendido ao ucraniano Metalist, onde fez 83 partidas e marcou 20 tentos.

“O Matheus (Bacchi, membro da comissão técnica) foi lá e assistiu algumas partidas dele. Foi muito bem. Velocidade conduzindo a bola, muita infiltração, com força, joga por dentro fazendo bons movimentos de apoio, flutua, tem o 1 contra 1 bem forte. Perdemos um jogador bem importante neste sentido, que é Douglas Costa. E a gente achou que o Taison seria importante. Não temos muitos jogadores com essas características para chamar. E no momento ele é um dos melhores que existem”, finalizou.

Nesta quinta-feira, o titular Taison ajudou o Shakhtar Donetsk a vencer o Istanbul BB por 4 a 1, garantindo assim o avanço para a fase de grupos da Liga Europa. Ele é esperado na Seleção Brasileira neste domingo, data em que o corinthiano Fagner também se apresentará a Tite & cia para os compromissos contra Equador e Colômbia, nos dias 1º e 6 de setembro, pelas Eliminatórias.

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes