Diante da Ponte, Corinthians foi dominado em praticamente tudo; veja estatísticas

Diante da Ponte, Corinthians foi dominado em praticamente tudo; veja estatísticas

Por Meu Timão

Corinthians levou um baile da Ponte Preta

Corinthians levou um baile da Ponte Preta

Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

A derrota do Corinthians para a Ponte Preta marcou uma das piores atuações do Timão na temporada. E a prova pode ser tirada em uma breve análise das estatísticas da partida, que apontam superioridade do rival campineiro em praticamente todos os quesitos.

Conforme apontado por dados do Footstats, a posse de bola foi de 58% da Ponte Preta, contra 42% do Corinthians. Há anos o Timão vem sendo conhecido justamente por sua capacidade de manter a bola nos pés enquanto estuda uma forma de atacar o adversário. Nesse sábado, não foi bem assim...

Outro número que chama atenção é o de finalizações. Ao longo dos mais de 90 minutos da partida, os comandados de Cristóvão Borges deram apenas dois chutes a gol (e mesmo assim, duas tentativas fraquíssimas). A Ponte, por sua vez, acertou a meta de Cássio sete vezes e arriscou outras sete vezes, mas dessas vezes chutando para fora.

Em número de passes, a Ponte mostrou-se muito mais envolvente do que o Corinthians. Foram 391 passes certos contra 349. O Timão ainda errou 36 passes, contra apenas 28 erros do rival.

Até na marcação a Ponte mostrou-se mais eficaz. Mesmo atacando mais o Corinthians do que o contrário, o time de Campinas desarmou duas vezes mais que o Timão: 14 roubadas de bola contra sete.

Por fim, vale destacar o número de escanteios: o Corinthians não teve nenhum tiro de canto, enquanto a Ponte teve oito oportunidades.

Ou seja, a derrota de 2 a 0 parece ter ficado barata para Cristóvão Borges e companhia...

Veja Mais:

  • Rodriguinho enfrenta o Patriotas na Colômbia; fora Gabriel, Carille promove quatro novidades

    Em treino na Colômbia, Carille define escalação do Corinthians para jogo da Sul-Americana

    ver detalhes
  • Cássio ergue taça de campeão paulista 2017; jogador está perto de atingir 300 jogos

    Perto dos 300 jogos, Cássio elege Corinthians de 2017 o melhor grupo do qual fez parte

    ver detalhes
  • Da arquibancada para o campo: estádio de adversário do Corinthians não tem alambrado; veja vídeo

    Da arquibancada para o campo: estádio de adversário do Corinthians não tem alambrado; veja vídeo

    ver detalhes
  • Romarinho foi protagonista da final da Libertadores há cinco anos

    Viraliza na web versão de gol do Romarinho narrado por Galvão Bueno; assista

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes