Cristóvão quer postura do Corinthians e cita diferenças da Copa do Brasil

Cristóvão quer postura do Corinthians e cita diferenças da Copa do Brasil

Por Meu Timão

Cristóvão Borges comanda o Timão que estreia na Copa do Brasil

Cristóvão Borges comanda o Timão que estreia na Copa do Brasil

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A um dia de fazer sua estreia pelo Corinthians em torneios mata-mata, Cristóvão Borges usa a derrota para a Ponte Preta como combustível no Corinthians. Embora admita que tenha sido a pior atuação da equipe sob seu comando, o treinador tenta usufruir as falhas para preparar a equipe que estreia na Copa do Brasil contra o Fluminense – veja a provável escalação aqui.

Em entrevista coletiva nesta terça-feira à tarde, no CT Joaquim Grava, Cristóvão projetou o começo do Corinthians na competição nacional. E um empate no estádio Edson Passos não é o objetivo inicial. “O melhor é ganhar, em casa ou fora. Esse é objetivo. Será uma partida equilibrada, equipes do mesmo tamanho. Estamos esperançosos em repetir os melhores momentos que tivemos. Com certeza essa partida será diferente”, explicou.

Questionado a respeito da principal diferença entre a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro, do qual o Timão é o quarto colocado, Cristóvão foi claro. “É interessante porque não há margem de recuperação, é outro pensamento que precisa ter, principalmente em relação à sua estratégia”, frisou o comandante, que ainda falou abertamente sobre as recentes eliminações na carreira – uma delas, inclusive, para o Corinthians, em 2012, na Copa Libertadores da América.

“O jogo é mata-mata, por rodada vai eliminando. Não fui só eu que perdi. O campeonato dá condição de equipes com não tão grande tradição chegarem ao título, e por isso é diferente. Estamos nos preparando para isso, com boa estratégia, porque às vezes se você tenta poupar numa partida ou em outra, esse tipo de campeonato é traiçoeiro”.

“Vamos jogar normal, para ganhar, buscando o resultado e a vitória. É muito difícil, mas dependendo da equipe muda. Se eu quiser colocar o Corinthians para jogar defendendo, dificilmente vamos ganhar”, destacou.

O Corinthians enfrenta o Fluminense nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), em Mesquita (RJ), pelo duelo de ida das oitavas de final. O confronto de volta está marcado para o dia 21 de setembro, na Arena Corinthians. Indagado se o clube optaria por preterir um dos certames, Cristóvão disse não se preocupar com o assunto.

“Não há uma necessidade de se preocupar com isso ainda. Quando afunila cresce a possibilidade de fazer opções, mas isso é quando se chega mais no final. Tem como chegar brigando pelas duas, e vamos fazer”, finalizou.

Veja Mais:

  • Artilheiro do Brasileirão com 18 gols, Jô está escalado

    Corinthians é escalado com seis mudanças para clássico diante do Flamengo

    ver detalhes
  • Antes doo Dérbi, mais de 30 mil corinthianos apoiaram os jogadores alvinegros

    Diretor se anima com chance de mais treinos abertos na Arena: 'Talvez antes do próximo jogo'

    ver detalhes
  • Jô soma 18 gols pelo Corinthians neste Brasileirão

    Casagrande vê corinthiano Jô pronto para voltar à Seleção: 'Ano sensacional!'

    ver detalhes
  • Vágner Love foi quem marcou no empate decisivo para sagrar o título do Corinthians

    Há dois anos, Corinthians garantia hexa do Brasileirão com empate no Rio de Janeiro

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes