Corinthians segue apenas com três dos 11 titulares campeões brasileiros em 2015

Corinthians segue apenas com três dos 11 titulares campeões brasileiros em 2015

Por Meu Timão

Apenas três titulares do hexacampeonato permanecem no elenco Timão.

Apenas três titulares do hexacampeonato permanecem no elenco Timão.

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Desde o início da atual temporada, o Corinthians vem enfrentando uma debandada em seu elenco principal. Dos 11 jogadores que compunham o time campeão do Campeonato Brasileiro em 2015, apenas oito permanecem no clube alvinegro.

A equipe alvinegra começou a enfrentar baixas quase imediatamente após o fim da competição nacional do ano passado. Dono da melhor formação de atletas entre os times brasileiros na temporada passada, o Timão perdeu seus principais jogadores durante o decorrer do ano. O volante Elias, que deixou o clube nesta quarta-feira, foi o último.

O time alvinegro ainda corre o risco de perder os últimos integrantes do elenco campeão, mas por enquanto nenhum clube fez uma proposta oficial. Com isso, o Meu Timão separou reuniu uma lista com todos os jogadores hexacampeões pelo time alvinegro, separando entre os que ficaram e os que saíram do clube. Confira!

Quem ficou

Cássio

O goleiro chegou ao Timão no final de 2011 com desconfiança, apenas como uma opção para o banco de reservas. Porém, após ser destaque em sua primeira oportunidade com o manto alvinegro, estreando na Copa Libertadores como melhor em campo, o jogador logo se tornou uma das referências no time alvinegro. Com 29 anos, Cássio chegou a ser procurado pelo futebol turco no início desta temporada, chegando muito perto de um acerto, porém optou por permanecer no Timão e segue como titular no elenco corinthiano.

Fagner

Revelado nas categorias de base do Parque São Jorge, Fagner estreou na equipe profissional com 17 anos. Sem render o esperado, o jogador partiu para o futebol europeu, onde enfrentou altos e baixos até retornar ao futebol brasileiro, pelo Vasco da Gama. Após seu bom futebol e partiu para o alemão Wolfsburg. O jogador voltou ao Timão em 2014, emprestado pelo time da Alemanha. Mas foi apenas em janeiro do ano passado que o Corinthians adquiriu 50% dos direitos do jogador, ano em que foi destaque no elenco hexacampeão. Fagner permaneceu no time alvinegro para esta temporada, sendo ainda como um dos melhores jogadores e líder do elenco corinthiano. Seu desempenho no clube alvinegro lhe rendeu uma convocação na Seleção Brasileira principal, o que recentemente acendeu um alerta na diretoria alvinegra sobre possível saída, mesmo sem nenhuma proposta oficial anunciada.

Uendel

Contratado em 2013 pelo Timão, após ser destaque no Criciúma, o lateral-esquerdo foi um dos destaques do elenco corinthiano campeão na edição passada do Brasileirão. Um dos poucos jogadores a permanecerem no Corinthians após a conquista da competição nacional e titular absoluto no time alvinegro, Uendel teve seu contrato renovado pela diretoria alvinegra em julho deste ano, válido até dezembro de 2018.

Quem saiu

Gil

Titular desde 2013, o zagueiro Gil se rendeu ao futebol asiático. O atleta anunciou sua saída do Corinthians em janeiro deste ano, e foi vendido por 10 milhões de euros para o Shandong Luneng, da China. O jogador aceitou a proposta salarial de mais de 1 milhão oferecida pelo time e assinou o contrato com o clube válido por quatro anos. O Timão recebeu 9 milhões de euros pela transferência.

Felipe

Principal nome da defesa alvinegra e capitão da equipe titular durante sua passagem pelo time, o zagueiro anunciou em maio deste ano sua saída para o Porto, de Portugal. O Corinthians ainda tentou segurar o atleta na equipe, mas acabou perdendo o atleta por 24 milhões de reais, graças a 75% dos direitos econômicos comprados pelo time português pelo jogador.

Bruno Henrique

Mesmo após diversas costuras a respeito na tentativa de renovação de contrato do meio-campista, o jogador decidiu esperar alguma proposta europeia. Em agosto, o atleta preferiu embarcar para a Itália para defender o Palermo. A transação com o time italiano rendeu poucos aos cofres do Timão, já que o time detinha apenas 25% dos direitos econômicos do atleta.

Elias

Volante titular, Elias entrou em fase de negociação com o português Sporting recentemente. O jogador atuou pelo clube de Portugal antes de seu retorno ao Corinthians em 2014 e teve sua saída anunciada pela diretoria devido a uma dívida com o time europeu. Na época, o acordo para o retorno de Elias saiu em quatro parcelas anuais de 1 milhão de euros. O acerto está em dia, com duas parcelas de 2 milhões de euros restantes.

Renato Augusto

O meia eleito o melhor jogador na edição passada do Brasileirão, aceitou a proposta salarial de dois milhões do time chinês Beijin Guon, deixando o elenco corinthiano no começo de 2016. A proposta chinesa também contava com a compra dos direitos econômicos do jogador por oito milhões de euros. O Timão, que tem 50% do valor, recebeu cerca de 17 milhões de reais na transferência.

Jadson

O meia titular foi sondado pelo futebol chinês no início da temporada, e acabou acertando com o Fianjin Quanjian com um contrato válido por dois anos, com uma proposta salarial de mais de 1 milhão de reais. Os chineses pagaram 5 milhões em euros de multa remissória ao Timão, consequentemente deixando o time alvinegro sem nenhuma condição de segurar o atleta.

Malcom

Após ser titular durante a campanha do hexacampeonato do Campeonato Brasileiro em 2015, o atacante se despediu do Corinthians no início deste ano. O acerto veio com o francês Bordebaux, com um salário de 100 mil euros. O Timão recebeu cinco milhões de euros por 50% dos direitos econômicos do jogador.

Vagner Love

Vice-artilheiro no Timão, o atacante foi assediado pelo futebol chinês, mas preferiu segui para o europeu. Acertou então com o Mônaco, da França, rescindindo seu contrato com o time alvinegro. O Corinthians recebeu um milhão de euros por multa remissória pelo centro avante. Porém, sem muito espaço para atuar no futebol francês, o jogador foi liberado de graça para o Alanyaspor, da Turquia.

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes