Léo Príncipe não se ilude com ascensão no Corinthians e revela inspirações

Léo Príncipe não se ilude com ascensão no Corinthians e revela inspirações

Embora jovem, Léo Príncipe mostra amadurecimento no Timão

Embora jovem, Léo Príncipe mostra amadurecimento no Timão

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Nem mesmo sua boa atuação na estreia do Corinthians na Copa do Brasil tira o foco de Léo Príncipe. Aos 20 anos, o lateral-direito recém-promovido das categorias de base pretende se firmar na equipe profissional e, quem sabe, se tornar peça fundamental no quebra cabeça de Cristóvão Borges. Apoio para isso não faltará.

Em entrevista coletiva nesta segunda-feira à tarde, no CT Joaquim Grava, Léo Príncipe falou sobre o momento da carreira de jogador e a ascensão meteórica no Timão – no início da temporada, por exemplo, disputava a Copa São Paulo de Futebol Júnior pela divisão de juniores. Hoje, tem a possibilidade de ser escalado pela segunda vez consecutiva, quinta-feira, diante do Sport, na Arena.

“Sou bem tranquilo quanto a isso, minha família sempre deu apoio. É o que sempre quis, então levo com tranquilidade, separando quem é amigo e quem não é. Para mim é tranquilo. Tento me inspirar nos melhores, Daniel Alves, Leonardo Moura e Fagner, com quem convivo e sempre observo. É neles que me espelho”, afirmou Léo Príncipe.

Dono do passe que resultou no gol de Rodriguinho sobre o Fluminense, adversário do Corinthians nas oitavas de final da Copa do Brasil, Léo Príncipe acredita que pode dar conta do recado como substituto de Fagner, integrado à Seleção de Tite nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018. Cristóvão espera contar com o camisa 23, mas vê com bons olhos uma nova chance à prata da casa.

“É claro que eu sempre vou querer jogar, como todo jogador. Mas se ele quiser e tiver condições é ele, jogador de Seleção Brasileira. Vou aceitar com toda tranquilidade e ajudar o Corinthians”, acrescentou o jovem ala. “Consegui corresponder a ausência do Fagner, que é um dos melhores homens do time. Fui elogiado por todos, não faltou nada, e espero ter essa regularidade nas próximas oportunidades”.

Quarto colocado do Brasileirão, o Corinthians se prepara para pegar o Sport, que vem de empate por 1 a 1 com o Internacional dentro de seus domínios. Para Léo Príncipe, todo cuidado é pouco. “Um time que vem forte no campeonato, é um time forte. Mas estamos em casa, com apoio da torcida. É um jogo bom para sair com a vitória”, finalizou.

Veja Mais:

  • Corinthians volta a jogar nesta segunda pela Liga Nacional

    Corinthians encara 'reforçado' Sorocaba na primeira final da Liga Nacional

    ver detalhes
  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes