Cristóvão abre o jogo sobre 'fantasma' de Tite e crava objetivo para 2016

890 visualizações 12 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Para Cristóvão Borges, sua equipe tem potencial na disputa por títulos.

Para Cristóvão Borges, sua equipe tem potencial na disputa por títulos.

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

O comandante do Corinthians, Cristóvão Borges, vem lidando com críticas sobre o seu trabalho desde que assumiu a equipe alvinegra, após a saída de Tite para a Seleção Brasileira. O técnico comentou o convívio com o "fantasma" de seu antecessor e garantiu que acredita em seu time.

Durante entrevista concedida no programa Baita Amigos, no canal a cabo Bandsports, o treinador corinthiano afirmou que já tinha conhecimento sobre a pressão que sofreria no atual time, porém tem consciência de que no Corinthians é diferente.

Com o histórico campeão de seu antecessor, Tite, Cristóvão admite não ter se incomodado com a responsabilidade de substituir o técnico. Porém, segundo o treinador, a situação começou a render certo incômodo a partir do momento que se tomou uma proporção exagerada sobre o seu “fardo”.

“Quando fui convidado já sabia, lógico, já passei por equipes de grande porte, a exigência, pressão. Estamos acostumados a conviver com isso. No Corinthians é diferente. O treinador estava saindo pra Seleção, treinador ganhador do futebol brasileiro, ganhou títulos importantíssimos com uma marca muito importante. Sabia que seria uma responsabilidade muito grande. Quando comecei a trabalhar, isso não foi tão difícil, isso não me atrapalha em nada. O grande incômodo foi, em certo momento, certo exagero com tudo”, declarou o comandante do time alvinegro.

Quanto a busca por títulos, Cristóvão Borges garantiu que está trabalhando pelo melhor, pelo objetivo central da equipe que é a conquista do título. O técnico fez uma análise sobre o desempenho do time e, para ele, o Corinthians ainda não desabrochou mas tem sim, muito potencial nas disputas.

“Independente das coisas, não tem como, você tem que trabalhar pelo melhor, pelo título. Vejo que a equipe tem potencial e ainda não desabrochou. É nisso que estou acreditando muito e é isso que me motiva”, afirmou Cristóvão Borges.

O treinador completou comentando que existe uma conversa com o elenco corinthiano para o estímulo de seu crescimento como equipe. Garantindo animação diante das atividades táticas, Cristóvão reafirmou o potencial dos jogadores e alegou que a progressão terá continuidade.

“Eu converso, eu deixo bem claro, procuro deixar mais claro as situações. Pessoalmente, esses jogadores estão com potencial muito grande, que sei que têm a contribuir muito pra essa melhora e estamos trabalhando pra isso. Estou muito animado, nos treinamentos a gente vê melhorando. Essa progressão vai continuar”, finalizou.

Veja Mais:

  • Janderson, Carlos, Vital e Pedrinho durante conversa com Andrés Sanchez

    Um mês após criticá-los, Carille apostou em 'meninos' suas últimas fichas no Corinthians

    ver detalhes
  • Dentinho comemora o gol contra o Botafogo - o gol de número 10 mil da história do Corinthians

    Autor de gol 10 mil do Corinthians, Dentinho revela palpite para quem será o dono do 11 mil

    ver detalhes
  • Marllon deve formar dupla com Bruno Méndez no embate com o Cruzeiro no sábado

    Corinthians se reapresenta, e Carille prepara zaga reserva para jogo contra o Cruzeiro

    ver detalhes
  • Corinthians não conseguiu forçar terceiro jogo final no torneio estadual

    Corinthians perde força nos dois últimos quartos e fica com o vice do Paulista de Basquete

    ver detalhes
  • Jogador tem passagens pela Seleção Brasileira

    Zagueiro com passagem pela Seleção Brasileira diz que sonha em jogar no Corinthians

    ver detalhes
  • Torcedor foi agredido em frente à sub-sede da Torcida Jovem por passar pelo local com camisa do Corinthians

    Torcedor do Corinthians é agredido por integrantes de organizada do Santos

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: