No futebol francês, ex-corinthiano Malcom entra na mira da Juventus

No futebol francês, ex-corinthiano Malcom entra na mira da Juventus

Por Meu Timão

134 mil visualizações 114 comentários Comunicar erro

Malcom marcou na vitória contra o Lyon neste sábado

Malcom marcou na vitória contra o Lyon neste sábado

Foto: Divulgação

Um dos jovens revelados nas categorias de base do Corinthians pode ser contratado por um grande clube da Itália. A Juventus estaria monitorando o atacante Malcom, que atualmente está no Bordeaux, da França.

A notícia, divulgada pelo Tuttosport e repercutida por toda a imprensa italiana e francesa, é de que o atleta estaria em uma lista de jovens que o clube monitora. A ideia é ter uma vantagem para quando chegar a hora, já ter o alvos definidos.

Além de Malcom, o ex-São Paulo, Gabriel Boschilia, de 20 anos, que está no Monaco, também faz parte da lista.

Uma provável venda de Malcom para a Juventus interessa ao Corinthians. Como clube formador, o Timão tem direito a 5% dos valores de uma futura negociação envolvendo o atacante.

Malcom, aliás, viveu um bom sábado no Bordeaux. Ele marcou um dos gols da vitória que garantiu sua equipe como líder provisória do Campeonato Francês. O atacante marcou o primeiro gol de sua equipe contra o Lyon, na vitória por 3 a 1.

Veja Mais:

  • Corinthians de Romero reestreia no Brasileiro nesta quarta-feira

    Acabou a Copa, e agora? Saiba tudo sobre a volta do Corinthians aos gramados

    ver detalhes
  • Marciel não vai permanecer no Corinthians após dispensa da Ponte Preta

    Devolvido pela Ponte Preta, Marciel não fica no Corinthians e deve ser emprestado ao Oeste

    ver detalhes
  • Atleta com mais tempo de clube, Danilo não sabe se fica para 2019

    Corinthians tem quatro jogadores com contrato perto do fim; só um já definiu futuro

    ver detalhes
  • O centroavante Jonathas está entre os recém-chegados no elenco do Corinthians

    Saiba até quando o Corinthians pode inscrever reforços nas competições de 2018

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes