Fora do Dérbi, Fagner contesta lance que rendeu pênalti ao Coritiba

Fora do Dérbi, Fagner contesta lance que rendeu pênalti ao Coritiba

Por Meu Timão

Suspenso por terceiro amarelo, Fagner está fora do Dérbi deste sábado

Suspenso por terceiro amarelo, Fagner está fora do Dérbi deste sábado

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

O lateral-direito Fagner, do Corinthians, comentou sua suspensão do clássico contra o Palmeiras deste sábado, contestando lance que rendeu pênalti ao time adversário. O jogador atuou no empate por 1 a 1 diante do Coritiba, desta quarta-feira, no estádio Couto Pereira, válido pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Entre os pendurados no início do duelo, Fagner recebeu seu terceiro amarelo aos 27 minutos do no primeiro tempo do confronto. Com isso, o jogador está suspenso do clássico entre Corinthians e Palmeiras que acontece neste sábado, às 16h, na Arena em Itaquera, pela rodada 26 da competição nacional.

Enquanto deixava o gramado do estádio em Curitiba, o atleta alvinegro alegou chateação diante da saída do clássico paulista disputado na casa corinthiana. “Fico chateado. Lógico que eu queria jogar, a gente espera jogar, ainda mais um clássico dentro de casa, mas não temos como prever o que vai acontecer dento da partida”, comentou Fagner.

O jogador corinthiano recebeu seu terceiro amarelo após cometer um pênalti em cima de Kazim, do Coritiba. Sobre o lance, Fagner contestou a decisão da arbitragem, garantindo que não sentiu o toque no adversário.

“Eu não senti o toque, tanto que dei o carrinho pra cortar a trajetória do chute. O jogador escorreu até”, declarou.

Além da suspensão de Fagner, Corinthians entra em campo contra o rival Palmeiras com sete jogadores pendurados com dois cartões amarelos. Entre eles os titulares desta quarta-feira Vilson, Rodriguinho e Uendel, que deixou a partida com dores na coxa direita. Em contra partida, o time palmeirense tem dois jogadores do seu elenco principal fora do clássico. São eles o atacante Gabriel Jesus e o zagueiro Victor Hugo.

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes