Ao menos 25 jogadores do Corinthians passaram pelo DM na atual temporada; lembre os casos

Ao menos 25 jogadores do Corinthians passaram pelo DM na atual temporada; lembre os casos

Por Meu Timão

Walter, Yago, Cristian, Marlone e Rildo são só alguns dos que passaram pelo DM em 2016

Walter, Yago, Cristian, Marlone e Rildo são só alguns dos que passaram pelo DM em 2016

Foto: Agência Corinthians

Seja sob comando de Tite, seja sob comando de Cristóvão Borges: a vida do Corinthians na atual temporada não está sendo nada fácil. E um dos fatores que explicam isso passa pelo departamento médico do CT Joaquim Grava. Ao menos 25 jogadores do elenco tiveram algum problema físico nesses primeiros nove meses de 2016 - Uendel, que deixou a partida dessa quarta-feira aos quatro minutos com dores na coxa direita, é o mais recente caso.

Casos mais simples como o princípio de sinusite de Cássio a problemas mais complexos como as fraturas de Danilo e Elias congestionaram o DM alvinegro e deixaram na mão a comissão técnica do Corinthians. Confira abaixo um resumo do que o Timão já sofreu nesta temporada por conta de lesões e demais problemas médicos:

Cássio

O goleiro, que perdeu a posição de titular para Walter nas últimas semanas de trabalho de Tite no Corinthians, teve sintomas de sinusite em junho, mas não chegou a ficar de fora de nenhuma partida por conta do problema.

Walter

Em junho, ele sofreu um estiramento no músculo adutor da perna direita, ficando cerca de três semanas longe dos treinamentos.

Matheus Vidotto

Uma das recentes revelações da base alvinegra, o arqueiro sofreu uma lesão nas costas durante aquecimento para jogo contra o Grêmio, em maio, na Arena. No período em que ficou afastado, a vaga ficou ocupada por Caíque França.

Fagner

Na semana passada, Fagner retornou da Seleção Brasileira com quadro de infecção gastrointestinal e acabou sendo encaminhado para hospital. Ele se tornou desfalque em jogo contra o Sport.

Uendel

Lateral que até essa quarta-feira não havia sido poupado nenhum minuto sob comando de Cristóvão, ele sofreu lesão na coxa direita e, muito provavelmente, será desfalque no clássico deste sábado, contra o Palmeiras.

Guilherme Arana

Em julho, o jovem lateral-esquerdo foi diagnosticado com terçol, uma infecção na base da pálpebra. O problema o tirou de alguns treinos e o impediu de ser relacionado por cerca de duas semanas.

Edilson

O lateral-direito, que hoje nem faz mais parte do elenco alvinegro, foi baixa em março por conta de uma lesão muscular na coxa direita. Na época, ele era reserva imediato de Fagner.

Pedro Henrique

Zagueiro sofreu lesão muscular na coxa esquerda em julho e se tornou desfalque. Voltou a ser baixa semana passada, diagnosticado com lesão semelhante, também na coxa.

Yago

Não bastasse ter passado mais de um mês afastado da equipe por conta de uma suspensão por doping, o beque foi desfalque em junho por conta de um trauma ósseo no tornozelo.

Vilson

Em junho, pouco antes da saída de Tite do comando técnico do Timão, o defensor sofreu um edema na coxa direita e se tornou baixa do Corinthians, dando oportunidade para o jovem Léo Santos, de 17 anos, ser relacionado.

Willians

Em abril, logo após a fase de grupos da Libertadores, o volante sofreu um edema na coxa direita. Em agosto, por problemas físicos não detalhados pelo departamento médico do clube, se ausentou de alguns treinos.

Cristian

Enfim ganhando chances sob comando de Tite, Cristian sofreu uma contusão na coxa esquerda em junho. Ao longo do primeiro semestre, passou por tratamento especial com fisioterapeutas do clube visando reforço muscular.

Camacho

No jogo em que estreou pelo Corinthians, em julho, o volante ex-Audax sofreu lesão muscular na coxa esquerda e se tornou desfalque de Cristóvão por quase um mês.

Elias

Em junho, o ex-camisa 7 do Timão sofreu seu último problema antes de se transferir para o Sporting. Ele teve diagnosticada uma fratura na costela e ficou um mês como desfalque. Antes, em fevereiro, ele ficou quase dois meses com uma fissura na perna esquerda, que demorou para ser identificada pelo departamento médico do Corinthians.

Rodriguinho

Em março, teve problemas musculares na coxa direita e acabou se tornando desfalque na primeira fase do Campeonato Paulista. Ele era reserva imediato na época.

Marlone

Logo em seu início no Corinthians, em fevereiro, o meia teve confirmada pelo departamento médico uma entorse no tornozelo esquerdo e foi desfalque por mais de um mês ao longo das primeiras fases do Paulistão e da Libertadores.

Danilo

O camisa 20 do Timão havia dado sinais de fadiga muscular em meio ao Campeonato Paulista e no começo do Brasileiro, tornando-se desfalque. Foi no fim de agosto, contudo, que ele se lesionou gravemente: teve fraturas na tíbia e na fíbula da perna direita, precisando passar por cirurgia e só voltando a jogar no ano que vem.

Guilherme

O meia, que foi contratado sob desconfiança por parte da Fiel justamente por seu histórico de lesões quando defendeu o Atlético-MG, teve problemas musculares ao longo da primeira fase do Paulistão. Sua passagem mais grave pelo DM do CT Joaquim Grava, porém, foi nas últimas semanas, quando acumulou dores na coxa direita e incômodo na panturrilha direita.

Giovanni Augusto

O meia, que também teve passagem pelo Atlético-MG antes de ser contratado na atual temporada pelo Timão, sofreu uma tríade de lesões: ligamentar no pé e no tornozelo esquerdos em abril; muscular na coxa direita em junho; e novamente muscular na coxa direita, nesta semana.

Marquinhos Gabriel

O camisa 31 levou uma pancada nas costas em jogo contra o Atlético-PR, em agosto, e passou pelo DM por conta das fortes dores que sentiu nos dias seguintes. Ainda assim, os exames não detectaram nada mais grave.

André

Antes de trocar o Corinthians pelo Sporting, o atacante precisou passar por um procedimento cirúrgico de hérnia inguinal em junho. O problema o afastou dos gramados por mais de um mês.

Bruno Paulo

Contratado do Audax logo após o Campeonato Paulista, o atacante chegou ao Corinthians com uma lesão no pé esquerdo. O clube aceitou contratar o jogador mesmo sabendo do problema e o deu amparo para o processo cirúrgico e o tratamento.

Lucca

Em uma trombada com Guilherme Arana em um treinamento, em julho, o atacante machucou a boca e precisou passar por uma pequena cirurgia. Por conta do problema, ele se tornou desfalque para o clássico contra o São Paulo.

Isaac

Jovem contratado pelo Corinthians em 2015 e que ainda não recebeu chances nem com Tite nem com Cristóvão, o atacante teve um primeiro semestre complicado na atual temporada: sofreu lesão muscular na coxa direita e ligamentar no tornozelo direito.

Rildo

Talvez o atacante ex-Ponte Preta seja o símbolo máximo da "zica" que ronda o departamento médico do Corinthians. Somente nas últimas semanas, Rildo sofreu lesões nas coxas direita e esquerda. Antes disso, em abril, ele teve diagnosticada uma torção no tornozelo esquerdo após entrada de Edilson durante um treinamento. O mais grave problema, contudo, aconteceu há um ano, em setembro de 2015: ele sofreu uma luxação no ombro e, depois de liberado pelo DM, teve de tratar uma infecção. Na prática, portanto, Rildo está há um ano, salvo algumas semanas de exceção, como desfalque do Timão.

Veja Mais:

  • Torcidas organizadas propõem pacto pela paz em São Paulo

    Torcidas organizadas propõem pacto pela paz em São Paulo

    ver detalhes
  • Camisa do Corinthians criada por torcedores em homenagem à Chape

    Corinthians bate o martelo sobre homenagens à Chapecoense

    ver detalhes
  • Ronaldinho chegou a estar na mira do Corinthians, revela agente

    Irmão de Ronaldinho Gaúcho revela 'plano de marketing' do Corinthians e provocação de Andrés

    ver detalhes
  • Brasileirão agora tem quatro vagas - não três - à fase de grupos da Libertadores

    Conmebol anuncia novidade, e Corinthians volta ao páreo por vaga direta na Libertadores

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes