Tevez, pancadaria e apito final antecipado: lembre o último jogo entre Corinthians e River Plate

Tevez, pancadaria e apito final antecipado: lembre o último jogo entre Corinthians e River Plate

Por Meu Timão

Fiel e PM entraram em conflito no último encontro entre Corinthians e River Plate

Fiel e PM entraram em conflito no último encontro entre Corinthians e River Plate

Foto: Reprodução/TV

O Corinthians conheceu, no início da tarde de quinta-feira, seu primeiro adversário da Florida Cup-2017: o River Plate. Um dos grandes clássicos do futebol sul-americano, portanto, ganhará novo capítulo mais de dez anos após o último embate.

Assim, o Meu Timão decidiu relembrar para o torcedor alvinegro alguns detalhes daquele último duelo entre Corinthians e River Plate, disputado no dia 4 de maio de 2006, no estádio do Pacaembu, válido pelas oitavas de final da Libertadores.

Atual campeão brasileiro, o Corinthians entrava em campo precisando vencer. No jogo de ida, no Monumental de Núñez, em Buenos Aires, os comandados de Ademar Braga, liderados em campo pelo camisa 10 Carlitos Tevez, perderam por 3 a 2. Assim, uma vitória simples de 1 a 0 no Pacaembu, garantiria a classificação às quartas para o Timão.

Nem mesmo com o apoio da Fiel, que fez linda festa nas arquibancadas do Paulo Machado de Carvalho, o triunfo veio, porém. O primeiro tempo até foi vencido pelo Corinthians, por 1 a 0, com gol de Nilmar. Coelho (contra) e Higuain (duas vezes) viraram o duelo para o River Plate.

Aos 40 minutos do segundo tempo, aproximadamente, parte da torcida corinthiana presente nas arquibancadas do portão principal arrombaram o alambrado parcialmente e tentaram invadir o gramado. Alguns poucos torcedores conseguiram passar, mas um contingente da polícia militar conseguiu segurar a grande maioria da torcida, usando bombas de gás lacrimogênio para dispersar a torcida.

Em meio ao caos que tomou conta do Pacaembu, o árbitro chileno Carlos Chandía apitou o fim do jogo mesmo restando cinco minutos de tempo regulamentar. Atletas de River Plate e até alguns do Corinthians temiam que algo mais grave pudesse acontecer.

O Corinthians voltaria à Libertadores em 2010, dando início a uma sequência de participações que, entre jogaços e eliminações, marcou a conquista invicta da América em 2012, sob comando de Tite.

Veja mais em: Florida Cup.

Veja Mais:

  • Kazim não deve permanecer no Corinthians em 2018

    Corinthians quer definir destino de Kazim nos próximos dias; chegada de Dutra deve atrapalhar turco

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos pode ser emprestado para outro clube em 2018

    Com chegada de reforço, Corinthians estuda empréstimo de Fellipe Bastos

    ver detalhes
  • Minds Idiomas segue na manga da camisa corinthiana em 2018

    Com até bolsa de estudos a jogadores, Corinthians renova com patrocinador para manga da camisa

    ver detalhes
  • Renê Júnior, Zé Rafael e Juninho Capixaba: Corinthians de olho em trio do Bahia

    Novo presidente do Bahia é eleito, e Corinthians deve definir ao menos três negociações

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes