PM entra em conflito com torcedores na Arena; acrílico de proteção é quebrado

PM entra em conflito com torcedores na Arena; acrílico de proteção é quebrado

Por Meu Timão

Durante o intervalo do clássico entre Corinthians e Palmeiras, neste sábado, a Polícia Militar entrou em conflito com torcedores na Arena em Itaquera.

A confusão se iniciou quando os policiais foram até o Setor Norte pedir a retirada de uma faixa com o nome da Gaviões da Fiel. Por punição, a principal organizada está proibida de exibir faixas e produtos, bem como camisas, com a marca dentro dos estádios e jogos do Timão.

Quando a PM retirou a faixa, os torcedores não aceitaram e partiram para cima dos policiais, que reagiram com agressividade. A situação esquentou e os torcedores chegaram até a quebrar um dos acrílicos de proteção entre o setor e o gramado. Grades de divisão também foram lançadas em direção aos policiais. Não foram divulgadas informações sobre feridos.

Poucos minutos depois, a situação foi controlado, com a chegada de reforço policial do Choque. Os torcedores retornaram para os seus lugares, mas o local ficou sem a proteção de vidro.

A confusão foi a segunda em sequência na Arena. Minutos antes, parte do Setor Oeste se revoltou contra a diretoria do Timão que acompanhava o jogo dos camarotes do estádio.

Confira imagens do momento da confusão entre PM e torcedores

Veja Mais:

  • Meia fica fora de treino de bolas paradas e pode iniciar jogo no banco

    Carille ensaia escalação do Corinthians sem Jadson; definição fica para sexta

    ver detalhes
  • Jô recordou caso em que foi vítima de ofensa racista com Love na Rússia

    Jô lamenta injúria racial no Nilton Santos e lembra episódio na Rússia

    ver detalhes
  • Reforço do Barcelona, Paulinho foi apresentado à torcida e à imprensa nesta quinta-feira

    Apresentado no Barcelona, corinthiano Paulinho diz não temer pressão

    ver detalhes
  • Diante do Grêmio, Paulo Roberto teve melhor atuação com camisa do Corinthians

    Corinthians acerta contratação definitiva de Paulo Roberto, garante diretor

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes