Roberto de Andrade analisa demissão de Cristóvão Borges e cita erro principal

Roberto de Andrade analisa demissão de Cristóvão Borges e cita erro principal

Por Meu Timão

Para Roberto de Andrade, ausência de vitórias pesaram na decisão

Para Roberto de Andrade, ausência de vitórias pesaram na decisão

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Durante o anúncio da demissão de Cristóvão Borges, após a derrota pelo placar de 2 a 0 no clássico contra o Palmeiras na tarde deste sábado, o presidente Roberto de Andrade justificou a escolha pela mudança. Para o dirigente, o ex-treinador corinthiano não apresentou grandes falhas ao longo de sua passagem no clube, porém deixou a desejar em questão de resultados.

Na visão de Roberto de Andrade, a pressão exercida pela torcida não teve influência na decisão da diretoria, que definiu a mudança no cargo a partir da sequência de resultados de Cristóvão Borges, marcada por enorme oscilação.

“Não se trata de corda bamba. Fizemos, na minha visão, apesar do placar adverso, uma partida boa. Tomou o gol por uma bobeira. Eu não resolvi em dois minutos fazer uma mudança. Temos que tomar uma atitude de mudança no percurso por fatos. A responsabilidade maior é minha, se eu sinto a necessidade de fazer a correção, farei. Pelo menos, ficamos com a consciência positiva para o que deveria ser feito. É difícil analisar hipóteses”, falou.

A ausência de vitórias e oscilação de resultados nos últimos jogos, segundo o presidente do Timão, foram determinantes para a decisão, tendo em vista que a cada rodada, o Corinthians vem ficando cada vez mais longe da liderança, além do G4, uma prioridade para a atual temporada.

“Não consigo falar o que faltou, acho que foram as vitórias. Nós vemos vários times desorganizados no campeonato, mas que conseguem vencer. Em alguns jogos, fizemos boas apresentações, só que não conseguimos isso. É difícil essa oscilação, atrapalha bastante”, completou.

Sob o comando do técnico Fábio Carille, escolhido pela diretoria corinthiano como o encarregado pela função até o final do ano, o Timão volta a campo na quarta-feira. Pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, o Corinthians recebe o Fluminense, às 21h45, em Itaquera.

Veja Mais:

  • Diversos torcedores não conseguiram efetuar a troca de ingressos

    Com fila absurda e nova confusão, torcida do Corinthians esgota ingressos para final da LNF

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes
  • Oswaldo negou que seus treinos sejam repetitivos

    Oswaldo volta a sinalizar escalação do Corinthians em coletivo e explica semana de treinos

    ver detalhes
  • Jô está de férias e só volta ao CT Joaquim Grava em janeiro

    Jô é liberado pelo Corinthians para férias e não aparece no CT nesta sexta

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes