Roberto de Andrade analisa demissão de Cristóvão Borges e cita erro principal

Roberto de Andrade analisa demissão de Cristóvão Borges e cita erro principal

Por Meu Timão

12 mil visualizações 159 comentários Comunicar erro

Para Roberto de Andrade, ausência de vitórias pesaram na decisão

Para Roberto de Andrade, ausência de vitórias pesaram na decisão

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Durante o anúncio da demissão de Cristóvão Borges, após a derrota pelo placar de 2 a 0 no clássico contra o Palmeiras na tarde deste sábado, o presidente Roberto de Andrade justificou a escolha pela mudança. Para o dirigente, o ex-treinador corinthiano não apresentou grandes falhas ao longo de sua passagem no clube, porém deixou a desejar em questão de resultados.

Na visão de Roberto de Andrade, a pressão exercida pela torcida não teve influência na decisão da diretoria, que definiu a mudança no cargo a partir da sequência de resultados de Cristóvão Borges, marcada por enorme oscilação.

“Não se trata de corda bamba. Fizemos, na minha visão, apesar do placar adverso, uma partida boa. Tomou o gol por uma bobeira. Eu não resolvi em dois minutos fazer uma mudança. Temos que tomar uma atitude de mudança no percurso por fatos. A responsabilidade maior é minha, se eu sinto a necessidade de fazer a correção, farei. Pelo menos, ficamos com a consciência positiva para o que deveria ser feito. É difícil analisar hipóteses”, falou.

A ausência de vitórias e oscilação de resultados nos últimos jogos, segundo o presidente do Timão, foram determinantes para a decisão, tendo em vista que a cada rodada, o Corinthians vem ficando cada vez mais longe da liderança, além do G4, uma prioridade para a atual temporada.

“Não consigo falar o que faltou, acho que foram as vitórias. Nós vemos vários times desorganizados no campeonato, mas que conseguem vencer. Em alguns jogos, fizemos boas apresentações, só que não conseguimos isso. É difícil essa oscilação, atrapalha bastante”, completou.

Sob o comando do técnico Fábio Carille, escolhido pela diretoria corinthiano como o encarregado pela função até o final do ano, o Timão volta a campo na quarta-feira. Pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, o Corinthians recebe o Fluminense, às 21h45, em Itaquera.

Veja Mais:

  • Rodriguinho lamenta oportunidade desperdiçada pelo ataque corinthiano

    Corinthians sufoca Millonarios, não é eficaz e perde na estreia de Loss

    ver detalhes
  • Seguro defensivamente e boa opção na frente, Sidcley foi eleito melhor do Corinthians

    Sidcley vai bem e Rodriguinho destoa: veja as notas dos corinthianos em derrota na Arena

    ver detalhes
  • Corinthians pode reencontrar Boca Juniors nas oitavas de final da Libertadores-2018

    Sete cascudos e um novato: os possíveis rivais do Corinthians nas oitavas da Libertadores

    ver detalhes
  • À espera da estreia, reforço do Corinthians faz tatuagem alusiva ao clube

    À espera da estreia, reforço do Corinthians faz tatuagem alusiva ao clube

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes