Desde saída de Tite, Corinthians enxugou quase R$ 2 milhões de folha salarial

Desde saída de Tite, Corinthians enxugou quase R$ 2 milhões de folha salarial

Por Meu Timão

5.4 mil visualizações 105 comentários Comunicar erro

Diretoria do Corinthians encontra dificuldade para repôr até perdas na comissão técnica

Diretoria do Corinthians encontra dificuldade para repôr até perdas na comissão técnica

Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

O Corinthians enfrenta uma crise de resultados e de falta de planejamento por parte da diretoria. Dinheiro, no entanto, não parece ser exatamente o grande problema. Ao menos é o que aponta uma análise sobre o desafogo que as recentes saídas proporcionaram ao departamento financeiro do clube.

Somente no que diz respeito a salários, o Corinthians enxugou quase R$ 2 milhões de sua folha nos últimos três meses. Nomes como Tite e Elias ganhavam R$ 500 mil cada, por exemplo. André, com R$ 350 mil, era outro dos mais bem pagos que deu adeus ao clube.

Até mesmo a saída de Cristóvão Borges dará certo alívio para os cofres alvinegros, haja vista que o técnico recebia R$ 200 mil mensais, e o presidente Roberto de Andrade não trará substituto imediato (o auxiliar Fábio Carille ficará como interino).

Não repor as perdas, aliás, vem sendo prática da dirertoria na atual temporada. Desde a saída de Tite, em meio às negociações de Elias, André, Bruno Henrique e Luciano e às perdas na comissão técnica (Cleber Xavier, Fábio Mahseredjian, Cassiano de Jesus, etc.), as reposições foram pouquíssimas. Jean, volante ex-Paraná, e Gustavo, atacante ex-Criciúma, foram anunciados pelo clube no período.

Quem saiu

Tite: R$ 500 mil
Elias: R$ 500 mil
André: R$ 350 mil
Bruno Henrique: R$ 150 mil
Luciano: R$ 120 mil
Cristóvão: R$ 200 mil
+ perdas na comissão técnica (Cleber Xavier, Fábio Mahseredjian, Cassiano de Jesus, etc.)

Quem chegou

Gustavo e Jean: R$ 120 mil

A fonte para os valores aproximados é o colunista Jorge Nicola, do Yahoo! e do Diário de S. Paulo.

Veja Mais:

  • Léo Santos está perdendo espaço no elenco do Corinthians

    Corinthians pode emprestar Léo Santos ao Fluminense; clubes discutem pagamento de salário

    ver detalhes
  • Rosenberg é diretor de marketing do Corinthians desde fevereiro de 2018

    Rosenberg tenta explicar comentário sobre mulher com HIV; Corinthians divulga nota oficial

    ver detalhes
  • Rosenberg e Andrés Sanchez estão à frente das principais decisões do Corinthians

    Pressão pela saída de Rosenberg aumenta no Parque São Jorge; Andrés tenta acalmar ambiente

    ver detalhes
  • Carille com quarteto que pode ganhar chance neste domingo

    Carille treina com defesa reserva e não indica restante da escalação contra Botafogo-SP

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes