Vice-campeões do Brasileiro Sub-20, jogadores do Timão garantem levar aprendizado da final

Vice-campeões do Brasileiro Sub-20, jogadores do Timão garantem levar aprendizado da final

Por Meu Timão

1.7 mil visualizações 37 comentários Comunicar erro

Léo Jabá afirmou que a equipe precisa amadurecer

Léo Jabá afirmou que a equipe precisa amadurecer

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Deixando a Arena Corinthians como vice-campeões do Campeonato Brasileiro Sub-20, após a derrota por 2 a 0 sobre o Botafogo na final da competição, a garotada do Timãozinho afirmou que lutou pela vitória e que o duelo em Itaquera será levado como experiência.

Mesmo jogando bem durante os primeiros minutos da partida decisiva contra o time carioca, com a vantagem que levar o título em casa com um empate sem gols, a equipe Sub-20 do Corinthians não conquistou o sonhado título brasileiro.

“Acho que fica de aprendizado o essa experiência que a gente teve na Copa São Paulo, pegar um estádio cheio, a torcida incentivando muito. Nunca deixamos de lutar, nunca deixamos de mostrar nosso potencial dentro de campo. A gente tira a melhor experiência possível. Acho que acontece, é do futebol”, comentou o zagueiro corinthiano Del’Amore.

O meia alvinegro Pedrinho também deixou sua análise do duelo. Ressaltando legado dos jovens jogadores, o atleta lamentou a derrota. “Começamos bem, pressionamos o time deles, estávamos com mais posse de bola, mas infelizmente no final do primeiro tempo tomamos o gol. Voltamos no segundo tempo bem fisicamente e psicologicamente, buscamos resultado o tempo todo, isso que importa. Cada um deixou o seu legado e impôs seu futebol, mas infelizmente o futebol as vezes é injusto e perdemos essa final”, declarou.

Questionado sobre possível promoção para a equipe principal, Pedrinho garantiu não ter pressa, afirmando empenho de todos os integrantes da equipe. “É sempre buscando chegar no profissional, sem pular etapa, passo a passo. E se o pessoal subir alguém, vamos dar o máximo e nos empenhar. Todos temos capacidade”, comentou o meia.

Dono de algumas tentativas para balançar a rede para o lado alvinegro da partida, o atacante Léo Jabá deixou sua avaliação sobre o duelo em Itaquera endossando as opiniões dos companheiros de equipe.

“Mandamos no primeiro até os 35 minutos, mas não finalizamos. Futebol é cruel. Se você não fizer, pode ceder, e foi o que aconteceu. Futebol é isso... Agora é esfriar a cabeça, tem o Paulista aí, a Copa do Brasil. Nosso time é jovem, tem muito o que aprender”, afirmou o jogador.

O jogador completou lamentando o resultado em casa, se desculpando com os torcedores. Ainda sim, Léo não deixou de garantir que a equipe precisa amadurecer. “Fica aquele gostinho que querer mais. É difícil ver o que esse clube fez por mim, todos nós, essa torcida, peço desculpas por não conseguir dar esse título. É amadurecer. Tudo tem seu tempo”, finalizou.

Veja Mais:

  • Felipe Ezabella durante a eleição no Parque São Jorge

    Preferência da opinião pública e manutenção do DNA da chapa: Ezabella comemora primeira eleição

    ver detalhes
  • Mauro da Silva (auxiliar), Duílio Monteiro Alves (diretor-adjunto de futebol) e Alessandro (gerente) durante um dos treinos no CT

    Diretoria assume dificuldade por um 9: 'Futebol na América do Sul pagando salários de Europa'

    ver detalhes
  • Veja gols e lances de Matheus Matias, novo reforço do Corinthians

    VÍDEO: Veja gols e lances de Matheus Matias, novo reforço do Corinthians

    ver detalhes
  • Duilio Monteiro Alves, diretor-adjunto de futebol do Corinthians

    Diretor do Corinthians sobre renovação de Balbuena: 'Não podemos dar um passo maior do que a perna'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes