Conversa, entrega, vídeos e marcação: promessas de Carille como técnico do Timão

Conversa, entrega, vídeos e marcação: promessas de Carille como técnico do Timão

Por Meu Timão

Carille estreou com o pé direito no Timão: vitória e classificação garantida

Carille estreou com o pé direito no Timão: vitória e classificação garantida

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A vitória do Corinthians por 1 a 0 sobre o Fluminense, na noite desta quarta-feira, na Arena em Itaquera, chamou a atenção pela pronta resposta dos atletas alvinegros. Embora o desempenho ainda esteja longe do ideal, o time mostrou compactação no meio de campo e superou o oponente carioca com gol de Rodriguinho, aos 24 minutos do segundo tempo, garantindo assim o avanço para as quartas de final.

Em entrevista coletiva após o apito final, o técnico Fábio Carille celebrou a “estreia” no banco de reservas do Corinthians – é a primeira vez que ele deixa de ser interino – e falou da sua filosofia de trabalho. Bate-papo, vídeos de análises de jogadas e marcação intensa então entre as propostas do novo comandante.

“Sempre deixa muito clara a minha vontade de ser treinador, muito clara. Desde a primeira vez em que assumi lá em 2010, contra o Vasco, sempre deixei claro. Mas o que eu quero viver a cada dia, dar o meu melhor a cada dia, viver intensamente, organizar bem conversando om os jogadores, vai ser meu jeito de conversar, com vídeo. Esse é o profissional Fábio Carille, muita conversa. Passar com imagens e dentro de campo com muito trabalho”, afirmou Fábio Carille em entrevista coletiva.

Carille assumiu o Corinthians oficialmente na segunda-feira, dois dias após a demissão de Cristóvão Borges. De acordo com a diretoria alvinegra, o agora ex-auxiliar deve permanecer na chefia do departamento de futebol até o fim da temporada. A sobrevida do braço-direito de Tite, aliás, dependia de uma boa atuação diante do Fluminense, apesar do pouco tempo para treinamento.

“Foi conversando mesmo, desde segunda-feira junto com a diretoria, Edu Ferreira, atletas e grupo. O que eu mais cobrei dos jogadores é de ressaltar a entrega dos jogadores de beirada do campo na marcação, a ideia de parar de tomar gols. A entrega dos jogadores da beirada foi o que trabalhei bastante”, acrescentou o técnico, que fez um breve panorama a respeito do confronto na Arena.

“Acho que o primeiro tempo um jogo muito igual, Fluminense não subiu pra pressionar, veio numa proposta de contra-ataque. Era um time armado pra jogar no contra-ataque, a gente conseguiu ter um domínio bom do jogo. Segundo tempo, ele (Levir Culpi) veio com um pivô, empurrando nossa zaga”, finalizou.

O sorteio que definirá o adversário do Corinthians nas quartas de final da Copa do Brasil será realizado na sexta-feira. Já nesta quinta, o elenco de jogadores se reapresenta ao CT Joaquim Grava e inicia preparação para novo embate com o Fluminense, desta vez pelo Brasileirão, domingo, em Itaquera.

Veja Mais:

  • Dispensado do Corinthians, Willians se pronuncia em rede social

    Dispensado do Corinthians, Willians se pronuncia em rede social

    ver detalhes
  • Chapecoense está na Libertadores de 2017; Corinthians segue lutando por vaga

    Conmebol confirma título à Chape, e Libertadores-2017 terá ao menos oito brasileiros

    ver detalhes
  • Wladimir tem 805 jogos com a camisa do Corinthians em seu currículo

    Invasão Corinthiana, impeachment de Andrade e tragédia da Chape: bate-papo com Wladimir

    ver detalhes
  • Muricy atualmente trabalha como comentarista no SporTV

    Corinthians convidou Muricy Ramalho para ocupar cargo na base

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes