Corinthians confirma interdição parcial da Arena e divulga informações aos torcedores que já têm ingresso

Corinthians confirma interdição parcial da Arena e divulga informações aos torcedores que já têm ingresso

Por Meu Timão

Torcedores quebraram vidro do setor Norte da Arena no sábado

Torcedores quebraram vidro do setor Norte da Arena no sábado

Foto: Reprodução TV

Cumprindo ordens do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, o Corinthians confirmou, nesta quinta-feira, a interdição do setor Norte da Arena para o jogo de domingo, contra o Fluminense, pelo Campeonato Brasileiro. O clube emitiu uma nota oficial detalhando como será feito o remanejamento dos torcedores que já haviam adquirido bilhetes para o local.

A determinação do órgão judicial foi divulgada na noite de terça-feira. O presidente do STJD, Ronaldo Botelho Piacente, atendeu ao pedido da Procuradoria para interdição do setor Norte do estádio, onde ocorreu o confronto entre torcedores corinthianos e policiais militares durante o clássico com o Palmeiras, sábado passado, pelo Brasileirão.

Visando prejudicar o mínimo possível os torcedores que já haviam comprado ingressos, o Corinthians irá realocar na Leste Inferior os de planos Minha Vida, Minha História, Meu Amor e Minha Paixão. Os do plano Minha Torcida associados às uniformizadas Camisa 12, Pavilhão 9, Coringão Chopp e Fiel Macabra assistirão à partida no setor Sul.

Membros da Gaviões da Fiel e da Estopim da Fiel que tinham comprado ingressos terão seu dinheiro devolvido e não poderão entrar no estádio. A proibição é uma ordem do STJD, que entendeu serem essas torcidas as responsáveis pela confusão com a polícia militar no Dérbi de sábado.

Os torcedores receberão orientações detalhadas do Fiel Torcedor por e-mail tanto no caso de realocação quanto no caso de devolução do dinheiro.

Confira na íntegra a nota oficial emitida pelo Corinthians:

Em cumprimento à decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, que interditou o setor Norte da Arena Corinthians e proibiu a venda de ingressos às torcidas organizadas Gaviões da Fiel e Estopim da Fiel, informamos que os seguintes procedimentos serão adotados já para o jogo deste domingo (25/09), entre Corinthians e Fluminense:

1.Os torcedores dos planos Minha Vida, Minha História, Meu Amor e Minha Paixão, que adquiriram ingressos para o setor Norte, serão transferidos para o setor Leste Inferior, sem custo adicional. Esses torcedores irão receber um e-mail, com as instruções a respeito do bloco, fileira e cadeira que irão ocupar no domingo.

2.Torcedores do plano Minha Torcida, das torcidas Camisa 12, Pavilhão 9, Coringão Chopp e Fiel Macabra, que adquiriram ingressos para o setor Norte, serão alocados no setor Sul.

3.Aos torcedores da Gaviões da Fiel e Estopim da Fiel, comunicamos que faremos a devolução do valor pago pelos ingressos adquiridos até este momento e que não poderão ser utilizados enquanto vigorar a punição. Esses torcedores também irão receber um comunicado, com as orientações para o estorno dos seus ingressos.

O Corinthians continuará tomando todas as providências para reverter tal decisão e minimizar seus efeitos sobre os torcedores que não participaram dos lamentáveis atos que a ensejaram, mas enquanto a punição vigorar seremos obrigados a cumpri-la.

Sport Club Corinthians Paulista

Veja Mais:

  • Patch de homenagem a Chapecoense na camisa do Corinthians

    Veja imagens da camisa do Corinthians com o patch da homenagem a Chapecoense

    ver detalhes
  • Marinho vem sendo pedido por torcedores do Corinthians para 2017

    Pedido pela torcida do Corinthians, Marinho admite deixar Vitória em 2017

    ver detalhes
  • Simi passou sete anos no Corinthians

    Simi reclama de saída do Corinthians e projeta 'final às avessas' da LNF no Parque São Jorge

    ver detalhes
  • Oswaldo divulgou lista de relacionados do Corinthians

    Com apenas um desfalque, Corinthians divulga lista de relacionados para enfrentar Cruzeiro

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes
  • Melhores comentários

    Foto do perfil de Lucas

    Ranking: 2838º

    Lucas 195 comentários

    por @lucas.quadrijet

    O STJD age rapidinho quando o assunto é Corinthians né? Não foram rápidos assim pra punir as peppas e o flamerda e nem os cholorados. Depois nós que somos favorecidos.

  • Foto do perfil de TIAGO

    Ranking: 4900º

    Tiago 94 comentários

    por @tlmos

    "INTERNAÇÃO DA ARENA"

    Como assim? Tá doente? !kkkkkkkkkkkk

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de César

    Ranking: 2231º

    César 260 comentários

    218º. por @ge.cesar

    Não só a organizada. As autoridades sabiam e nada fizeram. Naquela briga entre palmeirenses e flamenguista em Brasília, foi tudo filmado. Muitos foram levados à delegacia, ou seja, estavam identificados e mesmo assim todos eles estavam presentes nos jogos subsequentes dos dois times. Assim não dá!

    Foto do perfil de Thiago

    Thiago 289 comentários

    26/09/2016 às 18h29 por @tcastello

    Sim, mas é isso que falo, a torcida pode e deve ajudar nesses casos identificando esse torcedor e informando para as autoridades, elas é que farão as ações...se a organizada fizer isso, tenho certeza que muitos vão pensar antes de agir...exemplo claro era um cara que ficou preso em Oruru e depois que voltou, se envolveu em briga dentro do estádio no Brasileiro do mesmo ano, se a torcida tivesse expulso o cara e informado para as autoridades onde está, pode ser que ele estivesse banido dos estádios.

  • Foto do perfil de Marcelo

    Ranking: 387º

    Marcelo 1215 comentários

    217º. por @dobermann

    Verdade Robson, a impunidade é latente no futebol, infelizmente. No tempo que estava na Gaviões ocorriam incidentes nos estádios, como drogas e furtos, mas desconhecia casos de homicídio como nos atuais dias. Naquela época ocorriam invasões ao campo, mas não haviam punições, nesse ponto houve uma sensível melhora. Outra melhora foi a retirada dos fogos de artifício que acabam sempre ferindo alguém, mas então vieram os tais sinalizadores que já fez uma vítima fatal. Se a inteligência da polícia tivesse foco nas organizadas, retiraria de seus comandos às lideranças nefastas e as torcidas seriam o que deveriam ser, torcedor organizado apenas, mas você tem toda a razão, não existe essa vontade.

  • Foto do perfil de Thiago

    Ranking: 2026º

    Thiago 289 comentários

    216º. por @tcastello

    Sim, mas é isso que falo, a torcida pode e deve ajudar nesses casos identificando esse torcedor e informando para as autoridades, elas é que farão as ações...se a organizada fizer isso, tenho certeza que muitos vão pensar antes de agir...exemplo claro era um cara que ficou preso em Oruru e depois que voltou, se envolveu em briga dentro do estádio no Brasileiro do mesmo ano, se a torcida tivesse expulso o cara e informado para as autoridades onde está, pode ser que ele estivesse banido dos estádios.

    Foto do perfil de César

    César 260 comentários

    26/09/2016 às 10h30 por @ge.cesar

    Como uma torcida organizada pode punir um membro seu? Ela, talvez, no limite, poderia expulsá-lo do quadro associativo. Mas o que isso resolveria? Esse indivíduo não deixaria de ir ao estádio ou deixaria de ser violento por causa disso. A questão é maior. É da justiça, como ocorreu em outros países que resolveram o problema. O torcedor violento não pode estar no estádio. Ponto. Dependendo da pena ele deve cumprir desde alguma ação social durante o jogo até a prisão se for o caso. Essa é única solução definitiva para o problema: punir o indivíduo.

  • Foto do perfil de Leandro

    Ranking: 6905º

    Leandro 56 comentários

    215º. por @leandro5513

    Não misture Corinthians com organizada, "organizada" que de organizada não tem nada!
    Eles não me representam, colocam as próprias "organizadas" acima do próprio time...fim de todas, bom pra sociedade e bom para o futebol!

  • Foto do perfil de César

    Ranking: 2231º

    César 260 comentários

    214º. por @ge.cesar

    Como uma torcida organizada pode punir um membro seu? Ela, talvez, no limite, poderia expulsá-lo do quadro associativo. Mas o que isso resolveria? Esse indivíduo não deixaria de ir ao estádio ou deixaria de ser violento por causa disso. A questão é maior. É da justiça, como ocorreu em outros países que resolveram o problema. O torcedor violento não pode estar no estádio. Ponto. Dependendo da pena ele deve cumprir desde alguma ação social durante o jogo até a prisão se for o caso. Essa é única solução definitiva para o problema: punir o indivíduo.

    Foto do perfil de Thiago

    Thiago 289 comentários

    23/09/2016 às 12h10 por @tcastello

    Concordo em partes...eu acho que a instituição também é responsável por não punir qualquer infrator que seja sócio dela...se ela fizer isso, já ajuda...

  • Foto do perfil de Marcelo

    Ranking: 387º

    Marcelo 1215 comentários

    213º. por @dobermann

    Entendi sim, apenas fiz um adendo a sua colocação. A polícia está de mãos atadas contra esses vândalos, sabe que se prender irão ser soltos no dia seguinte, como já havia dito, nossas leis são brandas, beneficiam os infratores, então assistimos essas barbáries quase todos os finais de semana. Enquanto não houverem leis severas para punir o vandalismo não veremos justiça.

  • Foto do perfil de Marcelo

    Ranking: 387º

    Marcelo 1215 comentários

    212º. por @dobermann

    Robson, aquele caso de Oruro foi a gota d'água que faltava para o MP agir com maior rigor, mas como vimos o crime foi devidamente escondido com o argumento que um menor de idade teria sido o culpado pelo acidente. O pior ainda foi ver alguns daqueles envolvidos nesse episódio envolvidos em outra confusão aqui no Brasil. E assim, de mentiras em mentiras vamos nos enganando e vivendo nesse país corrupto.

  • Foto do perfil de Marcelo

    Ranking: 387º

    Marcelo 1215 comentários

    211º. por @dobermann

    Sim Robson, mas excluir o associado de seu quadro seria obrigação de uma instituição séria, mas se não faz isso é condizente com o crime e deve ser responsabilizada. O Canadá só tornou-se um país descente com tolerância zero, enquanto não tivermos leis severas e policiamento ostensivo e eficiente, nunca teremos uma nação digna e respeitada. Aqui o tráfico de drogas (poder paralelo) domina o poder legal, se nossos corruptos governantes não fazem acordos com traficantes as grandes cidades ficam à mercê do crime, existe na verdade um conluio entre os poderes, todos ganham, menos o cidadão de bem.

  • Foto do perfil de Marcelo

    Ranking: 387º

    Marcelo 1215 comentários

    210º. por @dobermann

    Robson, a única seletividade que vejo são para os reis (políticos) e os vassalos (população), enquanto os reis tem permissão para roubar, os vassalos são levados a masmorra por qualquer ato de infração. Mas é preciso mudar nossa legislação penal, está ultrapassada, condizente com o crime, antigamente o assaltante "apenas" roubava, hoje rouba e mata, sinal da fraqueza da legislação penal.

  • Foto do perfil de Marcelo

    Ranking: 387º

    Marcelo 1215 comentários

    209º. por @dobermann

    Nossas leis são ineficientes e retrógradas, não punem com rigor e passam a mão na cabeça de jovens que são criminosos de alta periculosidade. O estado está entregue ao crime pela ineficiência de suas próprias leis. Crimes contra o patrimônio público ou privado deveriam ser tratados com rigidez de leis severas, mas aqui o sujeito destrói o patrimônio e sai dando risada sabendo que o estado não irá lhe punir com o rigor quê merece.